Com financiamento externo

Alentejo2020
 
Início: 02/01/2017 | Fim: 30/06/2019


Objetivos: 
promover o aproveitamento das sinergias, competências e capacidade instalada das instituições que integram o ecossistema de inovação regional, parceiras do projeto, para a promoção do empreendedorismo qualificado e criativo na região Alentejo.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Artur Romão | romao@ipportalegre.pt

Equipa: Artur Romão, Luís Loures, Pedro Ranheta, João Cardoso (até dezembro de 2017)

Líder do projeto: PACT – Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia, S.A.

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico Santarém; Universidade de Évora; SINES TECNOPOLO – Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama; ANJE- Associação Nacional de Jovens Empresários; ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo S.A.; NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora – Associação Empresarial

Código da Operação: ALT20-01-0651-FEDER-000010

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo – PORTUGAL 2020

Objetivo principal: OT 3 – Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 1.000.949,80€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 850.807,33€

Componente IPPortalegre: 121.682,35

 
Início: 03/04/2017 | Fim: 31/12/2019


Objetivos: 
Transmitir conhecimentos científicos e tecnológicos nas áreas das biotecnologias, reprodução e genética animal aos diversos agentes do sector agropecuário, de forma a melhorar a produtividade e a competitividade das empresas agrícolas e, indiretamente, a economia da região Alentejo e a sustentabilidade do meio rural. Mais especificamente, pretende-se contribuir para a melhoria da eficiência dos programas de conservação das raças domésticas autóctones e dos programas de melhoramento genético das raças, tanto autóctones como exóticas, das espécies pecuárias e, de forma mais alargada, para o desenvolvimento e competitividade das empresas pecuárias, mediante formas alternativas de transferência de conhecimento entre a investigação e o setor agrícola Alentejano”.

Investigador responsável: Carolina Maria Balão da Silva

Equipa: Carolina Maria da Silva, Rute Isabel Duarte Guedes dos Santos, Miguel da Gama Minas

Líder do projeto: Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.

Parceiros: Acos-Associação de Agricultores do Sul, Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Santarém

Código da operação: ALT20-03-0246-FEDER-000021

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo

Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Custo total elegível: 511.568,69€

Apoio Financeiro da União Europeia: FEDER 434.833,39€

Componente IPPortalegre: 61.543,83€

JUNHO 2018: Jornadas de inovação tecnológica na seleção de reprodutoras: avaliação do estado imunitário


MARÇO 2018: X Jornadas do Hospital Veterinário da Muralha em Évora 

A equipa de investigação do projeto AltBioTech RepGen participou nas XX Jornadas do Hospital Veterinário da Muralha de Évora, que decorreu nos dias 2 e 3 de março.
Os investigadores Carolina Silva, Miguel Minas e Rute Santos divulgaram as atividades propostas para o ano 2018, no âmbito do projeto. A participação incluiu ainda uma demonstração de avaliação seminal em equinos.


NOVEMBRO 2017: Jornada de Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico: Técnicas de Reprodução Assistida

No âmbito do projeto ALT-BiotechRepGen Recursos Genéticos Animais e Biotecnologias: projeção para o futuro vai realizou-se, no dia 25 de maio, na Escola Superior Agrária de Elvas, a Jornada de Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico, com o tema Técnicas de Reprodução Assistida.

Mais informações em:
https://sites.google.com/esaelvas.pt/jornadastecnicasreproducao/p%C3%A1gina-inicial

Ver o Cartaz
Ver o Programa

MAIO 2017: Jornada de Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico: A genética ao serviço da produção animal

No âmbito do projeto ALT-BiotechRepGen Recursos Genéticos Animais e Biotecnologias: projeção para o futuro vai realizou-se, no dia 25 de maio, na Escola Superior Agrária de Elvas, a Jornada de Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico, com o tema A genética ao serviço da produção animal.

Mais informações em https://sites.google.com/esaelvas.pt/genetica/

 

Início: 01/01/2016 | Fim: 31/12/2017


Objetivos:
 Consolidação e dinamização da Rede de Incubadoras de Base Tecnológica do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia do Alentejo, potenciando um ecossistema dinâmico que promova o empreendedorismo qualificado e criativo na região Alentejo.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Artur Romão| romao@ipportalegre.pt

Equipa: Artur Romão, Luís Loures, Pedro Ranheta

Líder do projeto: PCTA – Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo; ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários; NERE- AE, Núcleo Empresarial da Região de Évora – Associação Empresarial.

Código da Operação: ALT20-01-0651-FEDER-000004

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo – PORTUGAL 2020

Objetivo principal: OT 3 – Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 433.352,14€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 368.349,32€

Componente IPPortalegre: 62.874,05€

 

Valoriza4EU – Partilha europeia de estratégias de valorização de recursos endógenos

Início: 09/10/2019 | Fim: 08/10/2022

Objetivos: Aumentar a participação do Instituto Politécnico de Portalegre em programas europeus de investigação e inovação, em particular o Horizonte 2020, promovendo o potencial científico da organização e conduzindo os atuais trabalhos de investigação em diferentes domínios para aportar maior valor científico e tecnológico à sua estratégia de I&I.

Investigador coordenador: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Equipa: Luís Loures, Paulo Ferreira, João Emílio Alves, Cláudia Martinho

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da Operação: ALT20-03-0145-FEDER-045974

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo – PORTUGAL 2020

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 79.192,41€

 

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 67.313,55

 

Início: 01/07/2016 | Fim: 30/06/2019

Objetivos: avaliar e melhorar o potencial produtivo das principais variedades regionais de oliveira (‘Galega vulgar’, ‘Cobrançosa’, ‘Verdeal Alentejana’, ‘Cordovil de Serpa’, ‘Azeiteira’, ‘Blanqueta’, ‘Carrasquenha de Elvas’), com vista à sua utilização em sistemas de produção intensiva. Desenvolvimento de linhas de trabalho multidisciplinares, capazes de proporcionar um avanço significativo ao nível do conhecimento fundamental da química do azeite e da genética, reprodução, biologia e fisiologia do desenvolvimento, das variedades em estudo.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador responsável IPPortalegre: Francisco Mondragão Rodrigues | fmondragao@esaelvas.pt

Equipa: Francisco Mondragão Rodrigues, Graça Carvalho, Luís Conceição, António Brito, Paula Ricardo, Elsa Lopes (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Universidade de Évora

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo

Código da Operação: ALT20-03-0145-FEDER-000014

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo – PORTUGAL 2020 

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 781.581,68€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 664.344,43€

Componente IPPortalegre: 95.455,75€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 664.344,43€

Componente IPPortalegre: 95.455,75€

SynDiesel – Combustíveis para motores diesel a partir de gasificação térmica de resíduos e culturas dedicada

Início: 01/11/2019  |   Data de fim: 30/06/2023

Objetivo: visa desenvolver biocombustíveis baseados em tecnologias de gaseificação térmica que podem ser usados em motores a diesel.

Disseminação de resultados

Investigador responsável: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt
Co-Investigador Responsável: Benvindo Maçãs (INIAV) | benvindo.macas@iniav.pt

Equipa IPPortalegre: Eliseu Monteiro; Valter Silva; Roberta Panizio (bolseira de investigação), Pedro Romano, Pedro Lopes, Luis Calado, Luiz Rodrigues, Nadezhda Krop (bolseira de investigação), Vitor Matos (bolseiro de investigação).

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV)

Código da operação: ALT20-03-0145-FEDER-039485

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 362.028,09€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 300.072,18€

Componente IPPortalegre: 163.061,93€

PigWasteBioRefinery – Biorrefinaria suinícola com base em processos biológicos, térmicos e eletroquímicos – Projeto-piloto móvel demonstrador

Início: 15/10/2020 | Fim: 14/04/2023

Objetivos: Este projeto tem como objetivo a integração do conceito de biorrefinaria na indústria suinícola com base na valorização dos efluentes e resíduos gerados. Procura-se uma valorização total dos mesmos, assim como desenvolver e integrar diferentes tecnologias de tratamento e valorização de forma a obter produtos finais com valor e um processo de tratamento sustentável em termos ambientais e económicos.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador Coordenador: Paulo Brito (pbrito@ipportalegre.pt )
Equipa: Luiz Rodrigues, Pedro Romano, Luís Calado, Paula Rodrigues

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Ficha de projeto: (consulte aqui)

Código da operação: ALT20-03-0246-FEDER-000054
Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo
Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 379.973,88€
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 322.977,80€
Componente IPPortalegre: 379.973,88€

 

GESCERTOLIVE: Apoio à gestão de olivais e à certificação de material vegetativo de variedades de oliveira nacionais

Início: 28/09/2020 | Fim: 27/03/2023

Objetivos: Este projeto tem como objetivos contribuir para a preservação e valorização do património olivícola nacional, visando a sustentabilidade ambiental dos sistemas culturais e a gestão racional dos fatores de produção, afirmando-se assim como elemento dinamizador na fixação das populações em zonas rurais e no desenvolvimento de novas oportunidades de negócio.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenador da equipa do IPPortalegre: Francisco Mondragão Rodrigues (fmondragao@ipportalegre.pt )
Equipa António Brito, Vera Barradas, Ana Vinagre

Líder do projeto: Universidade de Évora
Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre

Ficha de projeto: (consulte aqui)

Código da operação: ALT20-03-0246-FEDER-000058
Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo
Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 277.705,90€
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 236.050,02€
Componente IPPortalegre: 74.793,75€

 

EQUI MAIS: MELHOR PRODUÇÃO EQUINA

Início: 23/09/2020 | Fim: 30/06/2023

Objetivos: Este projeto tem como principal objetivo melhorar a produtividade e qualidade dos animais produzidos na fileira da produção de equinos no Alentejo.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Ficha de projeto (consulte aqui)

Equipa IPPortalegre: Rute Santos / Carolina Silva (rutesantos@ipportalegre.pt; carolina.silva@ipportalegre.pt )

Líder do projeto: Universidade de Évora
Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Santarém

Código da operação: ALT20-03-0246-FEDER-000055
Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo
Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 738.778,26 €

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 627.961,52€

Componente IPPortalegre: 32.723,20€

ISOmap Forragem – Tecnologias Normalizadas na Produção de Forragens

Início: 01/09/2020 | Fim: 31/12/2022

Objetivos: Este projeto tem como objetivos gerais: transferir conhecimento nas áreas da mecanização agrícola e agricultura de precisão aplicadas à produção de forragens; dar a conhecer novas itinerários culturais na produção de culturas forrageiras e criar uma rede de informação e transferência de conhecimento através de sinergias entre a investigação, o ensino superior e o setor empresarial agropecuário.

Disseminação de resultados: Manual de produção de forragens / Manual de alimentação de ruminantes

Ficha de projeto (consulte aqui)

Investigador Coordenador: Luis Alcino da Conceição (luis_conceicao@ipportalegre.pt )
Equipa: Luis Loures, Paulo Ferreira, Susana Dias, Noémia Machado, Vera Barradas, Carla Barreto

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre
Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.

Código da operação: ALT20-03-0246-FEDER-000062
Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo
Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 169.367,56€
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 143.962,42€
Componente IPPortalegre: 113.717,65€

Página web do projeto: https://isomapforragem.ipportalegre.pt

 

BioBIP 2 – TechTRANSFER

Início: 04/03/2020 | Fim: 28/02/2023

Objetivos: Este projeto tem como principal objetivo dar continuidade ao investimento na BioBIP, linha de Investigação e de transferência de tecnologia em produção de biocombustíveis e energia a partir da valorização de recursos biomássicos, bem como desenvolver um centro de prototipagem de fabricação digital integrado na rede nacional e global de FABLAB.

Investigadores Coordenadores: Luís Loures / Joaquim Mourato (lcloures@ipportalegre.pt; amourato@ipportalegre.pt)
Equipa: Artur Romão, Paulo Brito, Valentim Realinho, João Alves, Paulo Ferreira, António Casa Nova, Luísa Serrano Carvalho, Ana Vinagre, Pedro Ranheta, Ana Pinto, Luís Calado, Pedro Pinto.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: ALT20-01-0651-FEDER-000012
Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo
Objetivo principal: Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas.

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 3.290.947,47€
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 2.797.305,35€

Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados (PME ou CoLAB)

Início: 10/05/2021| Fim: 31/12/2023

Objetivo principal: Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral

Coordenador do projeto: Luís Carlos Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Equipa de RH: Armando Silva; Flávio Magalhães; Liliana Pêgo; Pedro Mourisco; Roberta Panizio; João Paulo Mourato

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código do projeto: ALT20-05-3559-FSE-000075

Programa Operacional: Programa Operacional Regional do Alentejo

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 292.853,65 €

Apoio financeiro da União Europeia: FSE: 248.925,60 €

GUARDIÕES

Início: 20/04/2021 | Fim: 31/12/2023

Objetivos: Este projeto pretende assumir um elevado impacto na sensibilização e informação da sociedade civil através da criação de conteúdos e realização de ações junto das diversas instituições da administração pública, escolas e comunidade e na realização de conferências nos temas relacionados com o problema das alterações climáticas, trazendo ao Alentejo o melhor saber nacional e internacional.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

IR – Coordenador do Projeto: Luís Loures (lcloures@ipportalegre.pt)
Co-IR: Paulo Ferreira (pferreira@ipportalegre.pt)

Equipa: Luis Loures, Paulo Ferreira, João Emílio Alves, Adriano Pedro, Fernando Rebola, José Rato Nunes, Miguel Serafim, Luísa Carvalho, Valentim Realinho, Artur Romão, Graça Pacheco Carvalho, Susana Dias, Vera Barradas, Josélia Pedro, Jorge Machado, Pedro Romano, José Feiteira, Ana Vinagre, Catarina Dias, Cláudia Martinho, Pedro Monteiro, Catarina Matos, Luis Calado, Alcida Estalagem, José Polainas, Pedro Pinto, Maria Amélia Canhoto, Susana de Lurdes Pires Dias, José Manuel Gomes, Francisco Morais, José Gama, Carlos Feiteira, Daniel Marmelo, Amélia Marchão, Alexandre Martins, Mª Gorete Dinis, Tatiane Valduga, João Luis de Miranda, Mª José D’ Ascensão, Ana Ercília Reis José, Mónica Martins, Antero Teixeira, Valderi Leithardt, Rute dos Santos, Márcia Oliveira, Lina Costa, Ana Isabel Cordeiro, Laura Hurtado, Helena Maria de Sousa Lopes Reis do Arco, Ana Clara Borrego, Francisco Monteiro, Susana Barbosa, Ana Loures, Eva Milheiro; Adelaide Proença; Mª do Carmo Maridalho; Dora Gonçalves; Isabel Mourato; João Romacho; Fernando Policarpo; Mª Cristina Guerra; António Casa Nova.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo e a Associação para o Fórum da Energia e Clima.

Código da operação: ALT20-09-5864-FSE-000004

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo

Objetivo principal: Reforçar a capacidade de atores e redes para a promoção de ações de desenvolvimento territorial

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 3.893.292,96 €

Apoio financeiro da União Europeia( FSE): 3.347.549,02 €

Componente IPPortalegre: 3.643.550,96 €

DMAIC – AGROGAS – Implementação da metodologia DMAIC para potenciar a valorização de resíduos agro-industriais através de soluções de gaseificação em pequena escala

Início: 01/11/2019 | Data de fim: 31/10/2023

Objetivo: visa valorizar os resíduos agrícolas e agro-industriais existentes no Alentejo transformando-os em energia através de um processo de gaseificação em pequena escala.

Disseminação de resultados

Investigador Responsável: Valter Silva | valter.silva@ipportalegre.pt
Co-Investigador Responsável: Paulo brito | pbrito@ipportalegre.pt

Bolseiros de Investigação: Daniela Eusébio; António Chavando

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: ALT20-03-0145-FEDER-039486

Programa: Programa Operacional Regional do Alentejo

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 187.082,53€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 159.020,15€

Compete2020

Início: 19/07/2017 | Fim: 31/12/2019

Objetivos: identificação e modelação dos serviços/processos a implementar no conceito de ótica Balcão Único; reengenharia dos processos de negócio na perspetiva da desmaterialização de processos.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Beja

Parceiros: Instituto Politécnico de Beja e Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: POCI-02-0550-FEDER-022089

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 480.000,00€

Custo total IPPortalegre: 258.473,99€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 219.702,89€ (85%)

Apoio Financeiro Público Nacional/Regional: 38.771,10€ (15%)

Ficha do projeto: consultar aqui

 
Início: 01/01/2017 | Fim: 31/12/2020


Objetivos:
 desenvolvimento de técnicas e tecnologias que reorientam o modelo de operações do Setor das Rochas Ornamentais (RO) para a Indústria 4.0. Surge como resposta ao novo modelo digital de procurement (IFC objects libraries) em contexto BIM (Building Information Model) no Setor da AEC (Arquitecture, Engineering and Construction).

Ficha de projeto (disponível aqui)

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Luís Rodriguez, Pedro Romano, Pedro Lopes, Ilda Gato e Paula Rodrigues

Bolseiro de investigação: Ricardo Correia

Líder do projeto: CEI – Companhia de Equipamentos Industriais, Lda

Parceiros: IPPortalegre; Fravizel; Solancis; INOCAM; UÉvora; Torre; INOVOPEDRA; ISQ; FILSTONE; UNL; MARFILPE; ISCTE; FRONTWAVE; Joaquim Duarte Urmal & Filhos Lda; DIAPOR; IST; PEDRAMOCA; UTAD; ZIPOR; GRANIALPA; GRANOGULI; MARMOCAZI; Marmores Galrão; GRANATUR.

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-024535

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 7.049.165,50€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 4.586.821,40€

Componente IPPortalegre: 70.323,24€

Início: 09/10/2017 | Fim: 31/12/2019

Objetivos: projecto baseado na prática, realizado em dois campos experimentais localizados no Alentejo, em estreita colaboração com os agricultores e os estudantes, os objetivos são:

(i) avaliar os efeitos combinados de diferentes estratégias de fertilização azotada com diferentes volumes de rega nas respostas produtivas de uma variedade de trigo melhorador;

(ii) definir um conjunto de itinerários técnicos que foram identificados como potenciadores de eficiência de uso do azoto em trigo regado;

(iii) utilizar o conhecimento adquirido para encontrar as melhores opções para otimizar a distribuição de azoto durante o ciclo de crescimento do trigo, minimizando as perdas por lixiviação e garantindo a máxima expressão do seu potencial genético de produção com elevada qualidade tecnológica e nutricional.

Investigador responsável IPPortalegre: Noémia Farinha | nfarinha@esaelvas.pt

Equipa: Noémia Farinha; Francisco Mondragão Rodrigues

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Beja

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio, Instituto Superior de Agronomia e Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Ao projeto associaram-se ainda as seguintes instituições: Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais; CERSUL (Agrupamento de Produtores de Cereais do Sul, SA).; Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches, CRL.; Cooperativa Agrícola de Beringel, CRL.

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023262

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Centro, Alentejo

Custo total elegível: 145.584,06€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 123.746,45€

Componente IPPortalegre: 11.336,62€

Início: 19/02/2018 | Fim: 21/08/2020

Objetivos: pretende-se aplicar os conceitos de mecânica dos fluídos computacional no estudo dos parâmetros ambientais no interior da câmara ao longo da cura. Posteriormente, será desenvolvido o protótipo de uma câmara.

Disseminação de resultados (disponível em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Maria da Graça Pacheco de Carvalho | gpcarvalho@esaelvas.pt

Equipa: Maria da Graça Pacheco de Carvalho; Paulo Jorge Silveira Ferreira; Rute Guedes dos Santos;Francisco Mondragão Rodrigues

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Beja

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Setúbal; Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa; Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo – CEBAL.

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023356

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Centro, Alentejo

Custo total elegível: 148.869,13€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 105.903,02€

Componente IPPortalegre: 22.312,48€

Início: 19/01/2017 | Fim: 21/12/2018

Objetivos:

– A operação visou o alargamento do sistema VoIP a todo o Instituto e teve objetivos em perspetivas distintas, designadamente: na perspetiva financeira e na perspetiva da qualidade do serviço.
– O projeto implementado agregou nas soluções desenhadas, um conjunto de iniciativas com impacto na organização, que convergiram para a persecução de um objetivo único: melhorar a qualidade dos serviços prestados aumentando os níveis de eficiência.
– As soluções técnicas implementadas na operação, traduziram-se numa melhoria da qualidade de serviços prestados interna e externamente, nomeadamente nos serviços que têm um apoio mais direto com os utilizadores onde os serviços de voz são uma ferramenta importante para a prestação de um serviço com maiores níveis de eficácia.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: POCI-02-0550-FEDER-021914

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 73.735,39 €

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 62.675,08€ (85%)

Apoio Financeiro Público Nacional/Regional: 11.060,31€ (15%)

Ficha do projeto: consultar aqui

 
Início: 01/05/2016 | Fim: 30/07/2018
 
Objetivos: Polientrepreneurship Network, promoção do empreendedorismo e iniciativas empresariais, facilitando processos de implementação de negócios, aumentando competências empreendedoras, criando emprego, inovação e sucesso empresarial.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Artur Romão| romao@ipportalegre.pt

Equipa: Artur Romão, Luís Loures, Pedro Ranheta

Líder do projeto: Instituto Politécnico da Guarda

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico Bragança; Instituto Politécnico Leiria; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Politécnico do Cavado e do Ave; Instituto Politécnico de Coimbra; Instituto Politécnico de Santarém; Instituto Politécnico de Tomar; Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Instituto Politécnico de Viseu; Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Código da operação: POCI-02-0651-FEDER-016177

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 3 – Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 743 126,76€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 631 657,72€

Componente IPPortalegre: 40.483,32€

Início: 29/04/2016 | Fim: 06/06/2018

Objetivo: incrementar a internacionalização do Ensino Superior Politécnico como um todo e em cada uma das Instituições, de forma a capitalizar as suas mais-valias e desenvolver económica, social e culturalmente as regiões onde encontrem inseridas.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Carlos Afonso | carlos.afonso@ipportalegre.pt

Equipa: Carlos Afonso, José Polainas, António Casa Nova, Elisabete Mendes, Mónica Martins, Ana Pereira, Maria José Varadinov

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Bragança

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Escola Superior de Enfermagem do Porto; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Politécnico da Guarda; Instituto Politécnico de Leiria; Instituto Politécnico de Viseu; Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico de Santarém

Código da operação: POCI-02-0752-FEDER-014933

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 3 – Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção: Norte, Centro, Alentejo

Custo total elegível: 609.129,82€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 517.760,34€

Componente IPPortalegre: 31.736,20€

 

(Capacitação e modernização das administrações e dos serviços públicos – SATDAP – Capacitação da Administração Pública)

Início: 25/10/2019 | Fim: 24/10/2021

Objetivos: Esta operação pretende utilizar técnicas de aprendizagem máquina para determinar os fatores determinantes do insucesso e do abandono escolar. Será implementado um protótipo funcional que implementa o modelo criado, o qual dotará os órgãos próprios da instituição, de informação relevante para a definição de planos específicos de combate a problema do insucesso e do abandono.

Disseminação de resultados: (consulte aqui)

Investigador Coordenador: Valentim Realinho | (vrealinho@ipportalegre.pt)

Equipa: Mónica Martins, Luís Baptista, Jorge Machado, Pedro Pinto, Ana Ventura.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: POCI-05-5762-FSE-000191

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: Melhorar a capacidade institucional das autoridades públicas e partes interessadas e a eficiência da administração pública.

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 104.143,09€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE: 88.521,63€

Apoio financeiro público nacional/regional: 15.621,46€

Ficha do projeto: consultar aqui

Início: 24/09/2019 | Fim: 23/09/2021

Objetivos: assegurar a modernização dos Serviços de Ação Social, mas também definir um novo standard de desenvolvimento e partilha de software na administração pública, permitindo a evolução para um modelo de serviço público centrado nos cidadãos, com atuação na simplificação administrativa, na normalização de processos, na administração em rede e na racionalização de recursos, sustentado no uso intensivo de TIC.

Líder do projeto: Serviços de Ação Social do Instituto Politécnico de Viseu

Parceiros: Serviços de Ação Social do Instituto Politécnico de Portalegre; Serviços de Ação Social do Instituto Politécnico de Bragança

Responsável IPPortalegre: Antero Teixeira
Equipa: Cândida Borralho, Ana Maria Paulino, Maria da Conceição Freire, António Ventura, Nelson Vida.

Código da operação: POCI-02-0550-FEDER-040570
Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Objetivo principal: OT2 – Melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade.

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 999.851,85€
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER 849.874,07€
Componente IPPortalegre: 333.561,79€

Ficha do projetoconsultar aqui

Início: 16/01/2015 | Fim: 26/09/2017

Objetivos: desenvolver, testar, validar e demonstrar em ambiente real, dois protótipos industriais de equipamentos inovadores para a Pedra Natural, continuando com a estratégia LeanStone já validada com anteriores projetos de IDI em consórcio.

Disseminação de resultados

- Formação em contexto Stone 4.0
- A importância da flexibilidade nos determinantes da intenção de compra por empresas: o caso de desenvolvimento de protótipos inovadores na indústria da Pedra Natural

Evento de demonstração de resultados:
Programa
Galeria de imagens

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Ana Gaspar, Isabel Machado, Nicolau Almeida, Nuno Vasco

Líder do projeto: CEI – Companhia de Equipamentos Industriais, Lda.

Parceiros: Universidade de Évora; SOLANCIS – Sociedade Exploradora de Pedreiras S.A.; TORRE-ITM – Industria Transformadora de Mármores, Lda.; INOCAM – Soluções de Manufactura Assistida por Computador, Lda.; Instituto Politécnico de Portalegre.

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-006375

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 1.632.581,49 €

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 881.642,82 €

Componente IPPortalegre: 21.186,83 €

Certificação do Sistema de Gestão da Conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal no Instituto Politécnico de Portalegre

(Capacitação e modernização das administrações e dos serviços públicos – SATDAP – Capacitação da Administração Pública)

Início: 07/09/2020 | Fim: 31/12/2022

Objetivos: Esta operação pretende implementar um conjunto de ações/iniciativas nos domínios de conciliação, designadamente, em boas práticas laborais, no apoio profissional e no desenvolvimento pessoal, nos serviços e nos benefícios e disponibilizar aos colaboradores.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Responsável IPPortalegre: Isabel Mourato (isabelmourato@ipportalegre.pt)

Equipa: Isabel Mourato, Francisco Morais, Elsa Anjos, José Feiteira, Pedro Pinto, José Maniés, Hugo Mão de Ferro, Jaime Santos, João Mourato, Luís Janeiro, Antero Teixeira, Vânia Néné, Luis Loures, Mª do Carmo Maridalho, Helena Morgado, David Marques e Irene Melita.

Código da operação: POCI-05-5762-FSE-000312

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: Melhorar a capacidade institucional das autoridades públicas e partes interessadas e a eficiência da administração pública.

 Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 302.175,00€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE: 256.848,75€

Componente IPPortalegre: 45.326,25€

Ficha do projeto: consultar aqui

 

Designação do projeto | H2SE – Hidrogénio de Sustentabilidade Energética

Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-016230

Ficha de projeto (consultar aqui )

Objetivo principal | OT 3 – Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção | NUTS II Alentejo, Centro e Norte

Entidade beneficiária | AP2H2 – Associação Portuguesa para a Promoção do Hidrogénio (Beneficiário Principal); Instituto Politécnico de Portalegre; INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia; Mecânica e Engenharia Industrial

Data da aprovação | 30-08-2016

Data de início | 17-10-2016

Data de conclusão | 15-10-2019

Custo total elegível | 269.363,26€€

Apoio financeiro da União Europeia – FEDER | 228.958,77€

Apoio financeiro público nacional/regional | 40.404,49€

Objetivos, atividades e resultados esperados
Nesta operação pretende-se responder à necessidade de promoção da investigação, inovação e utilização de Hidrogénio como fonte alternativa de energia limpa, aplicada à mobilidade, à indústria e aos bens de consumo.

Início: 11/09/2017 | Fim: 13/09/2019

Objetivos: testar a viabilidade do tratamento da falha na transferência da imunidade passiva mediante a administração de plasma proveniente de animais adultos saudáveis de vacinação, sendo posteriormente objeto de uma recolha de sangue. Pretende-se ainda contribuir para a diminuição da mortalidade e morbilidade dos vitelos afetados, para a maior rentabilidade das explorações, mas também obter mais informação sobre a falha na transferência da imunidade passiva em explorações em regime extensivo.

Disseminação de resultados (aqui)

Investigador responsável: Rute Santos | rutesantos@esaelvas.pt

Equipa: Rute Santos, Carolina Silva, Laura Hurtado, Graça Carvalho, Lina Costa, Luísa Dotti, Miguel Minas, Ana Cachapa (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Instituto Politécnico de Viseu; Sociedade Agrícola da Herdade da Granja do Peral, Lda; Visacampo – Sociedade Agro Pecuária, Lda.

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023757

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Centro, Alentejo.

Custo total elegível: 131.231,93€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 111.215,34€

Componente IPPortalegre: 111.875,61€

Início: 17/07/2017 | Fim: 16/01/2019

Objetivos: desenhar um sistema modular inovador, com base no conhecimento já disponível sobre a implementação e operação de Zonas Húmidas Construídas (ZHC, usualmente designadas por ETAR de Macrófitas), que possa ser adaptado de forma flexível às idiossincrasias de cada unidade industrial, além de permitir que no futuro possam ser ampliados à medida da evolução das atividades de cada exploração.

Disseminação de resultados (em breve) 

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Luiz Rodrigues, Eliseu Monteiro

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Tomar

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Coimbra; PALSER- Bioenergia e Paletes, Lda

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023314

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 147.524,59€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 124.895,90€

Componente IPPortalegre: 12.975,46€

Início: 25/10/2017 | Fim: 31/12/2019

Objetivos: construção de conhecimento que responda aos desafios das alterações demográficas sentidas nas regiões dos copromotores e se constitua como motor de uma estratégia de desenvolvimento regional partilhada e construída através da mobilização dos diferentes parceiros (IES, autarquias, unidades de saúde, IPSS, outras entidades e agentes e sociedade em geral), tanto no diagnóstico como na avaliação das propostas e disseminação/aplicação dos resultados.

Disseminação de resultados (em breve) 

Investigador responsável IPPortalegre: Alexandre Martins | a.martins@esep.pt

Equipa: Alexandre Martins, João Emílio Alves, Rita Dias (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Castelo Branco

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico da Guarda; Instituto Politécnico de Bragança; Município de Castelo Branco; Município de Idanha-a-Nova

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023678

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 149.849,54€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 127.372,08€

Componente IPPortalegre: 20.684,79€

Início: 13/09/2017 | Fim: 15/09/2019

Objetivos: identificar os principais canais e mecanismos de enraizamento territorial das dinâmicas empresariais regionais, procurando maximizar os benefícios dos processos de localização empresarial e minimizar as desvantagens de uma deslocalização.

Disseminação de resultados (em breve) 

Investigador responsável IPPortalegre: Joaquim Mourato | amourato@ipportalegre.pt

Equipa: João Emílio Alves, Miguel Serafim, Artur Romão 

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Tomar

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico da Guarda; TAGUSVALLEY – Associação para a Promoção e Desenvolvimento do Tecnopolo do Vale do Tejo 

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-023723

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 149.685,30€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 127.232,51€

Componente IPPortalegre: 371,01€

Início: 01/11/2017 | Fim: 02/05/2019

Objetivos: estudar a viabilidade da valorização de resíduos industriais e resíduos sólidos municipais originados por empresas localizadas na região do Alentejo, com vista a resolver problemas ambientais, energéticos e de sustentabilidade.

Disseminação de resultados (aqui)

Investigador responsável: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Equipa: Paulo Brito, Luiz Rodrigues, Eliseu Monteiro, Paula Rodrigues, Valter Silva, Jeysa Passos (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Instituto Politécnico de Setúbal; CVR – Centro para a Valorização de Resíduos

Código da operação: POCI-01-0145-FEDER-024020 | SAICT-POL/24020/2016 

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT 1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Norte, Lisboa e Alentejo.

Custo total elegível: 143.188,48€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 112.563,54€

Apoio financeiro OE: 9.146,66€

Componente IPPortalegre: 100.175,76€

 
Link Me Up – 1000 ideias – Sistema de Apoio à co-criação de inovação, criatividade e empreendedorismo
 
Início: 12/02/2021 | Fim: 30/06/2023
 
 
Objetivos: É objetivo central do Plano de Ação Link Me UP – 1000 ideias, Sistema de Apoio à co-criação de inovação, criatividade e empreendedorismo, reforçar a cooperação entre os Politécnicos portugueses enquanto agentes de promoção do empreendedorismo qualificado, em co-criação de inovação com o meio empresarial e visando a geração de ideias inovadoras e a criação de novas empresas. 
 
Ficha de projeto (consulte aqui)
 
Investigador responsável IPPortalegre: Joaquim Mourato (amourato@ipportalegre.pt )
Equipa Joaquim Mourato, Artur Romão, Paulo Ferreira, Carolina Silva, António Casa Nova, Francisco Monteiro, Ana Vinagre, Pedro Ranheta
 
Líder do projeto: Instituto Politécnico de Leiria
Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Beja, Instituto Politécnico de Bragança, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Instituto Politécnico de Cávado e do Ave, Instituto Politécnico de Coimbra, Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Politécnico do Porto, Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Tomar, Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Instituto Politécnico de Viseu.
 
Código da operação: POCI-03-33B5-FSE-072070
Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Objetivo principal: Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Promoção do Espírito Empresarial – Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral
 
Região de Intervenção: Alentejo, Centro, Norte.
 
Custo total elegível: 5.562.774,07€
Apoio financeiro da União Europeia: FSE: 4.728.357,97€
Componente IPPortalegre: 362.301,02€

 

NewGen Reactor – Novo Reator de duplo leito fluidizado concêntrico para produção de carvão ativado

Início:   24/11/2020 | Fim:   30/06/2023

Objetivos:  desenvolvimento de um novo conceito de reator de duplo leito fluidizado que permita dotar a empresa de um processo ambientalmente sustentável para a produção de carvão ativado a partir do carvão vegetal proveniente de biomassa, inclusive resíduos disponíveis nas áreas florestais.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenação da equipa do IPPortalegre: Paulo Brito (pbrito@ipportalegre.pt )

Equipa:  Pedro Romano; Luiz Rodrigues; Paula Rodrigues; e Luís Calado.

Líder do projeto:  BGW, S.A.

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-047280

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Centro, Alentejo

Custo total elegível: 1.463.397,40€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 968.953,16€

Componente IPPortalegre: 350.045,02€

 

PAPEPO – Papel Pedra Portugal
Circular economy solution for the recovery of limestone extraction and exploitation waste

Início:   01/07/2021 | Fim:   30/06/2023

Objetivo: avaliação da viabilidade de uma solução de economia circular para a valorização dos resíduos de extração e exploração de calcário\pedra natural como matéria prima (carbonato de cálcio) para a produção de papel de pedra.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenação da equipa do IPPortalegre: Paulo Brito (pbrito@ipportalegre.pt )

Equipa Luís Loures; Luiz Rodrigues; Pedro Romano; Paula Rodrigues; e Luís Calado.

Líder do projeto: Mvc-Marmores de Alcobaça LDA

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Leiria e New/Next Moves – Consultoria de gestão LDA

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-069882

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização; Programa Operacional Regional de Lisboa

Objetivo principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Centro, Lisboa e Alentejo

Custo total elegível:  408.666,62€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 304.450,86€

Componente IPPortalegre:  103.106,30 €

AmbWTE – Biomass & Waste to Energy System

Início: 30/03/2020 | Fim: 30/06/2023

Objetivo: visa o desenvolvimento de um sistema de gaseificação de ciclo combinado que possa ser alimentado com materiais heterogéneos residuais.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável do IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Equipa: Paulo Brito; Eliseu Monteiro, Paula Rodrigues, Ilda Gato, Pedro Romano, Catarina Dias, Luis Calado, Santa Margarida dos Santos (bolseira de investigação), Ana Carolina Assis (bolseira de investigação).

Líder do projeto: AMBITERMO – Engenharia e Equipamentos Térmicos

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; C.V.R. – Centro de Valorização de Resíduos; Universidade do Minho; Universidade Nova de Lisboa.

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-039838 | LISBOA-01-0247-FEDER-039838

Ficha de projeto: consultar aqui

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 1.522.651,58€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 904.747,98€

Investimento IPPortalegre: 208.676,94€

 

Move2LowC – Combustíveis de Base Biológica

Início: 01/10/2019 | Fim: 30/06/2023

Objetivo: produzir biocombustível para os setores do transporte aéreo e rodoviário pesado de mercadorias e passageiros.

Investigador responsável do IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Equipa: Paulo Brito, Eliseu Monteiro, Paula Rodrigues, Luís Calado, Luiz Rodrigues, Vitor Silva (bolseiro de investigação).

Líder do projeto: A4F, Alga Fuel, S.A.

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Associação BioRef – Laboratório Colaborativo para as Biorefinarias; APQuímica – Associação Portuguesa da Química, Petroquímica e Refinação; Biotrend – Inovação e Engenharia em Biotecnologia, S.A.; Bio Dourogás – Produtora de Gás Combustível, S.A.; Redeteca – Construção de Instalações de Redes de Gás, S.A.; Petrogal, S.A.; Solvay Portugal – Produtos Químicos, S.A.; SysAdvance – Sistemas de Engenharia, S.A.; Instituto Superior Técnico; Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG); Universidade do Minho; Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa; Universidade do Porto; Unversidade NOVA de Lisboa; Raíz – Instituto de Investigação da Floresta e Papel.

Código da operação: POCI-01-0247-FEDER-046117

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo principal: OT1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo

Custo total elegível: 8.270.246,79€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 4.641.491,52€

Componente IPPortalegre: 135.182,68€

 

Início: 22/07/2020 | Fim: 30/06/2023

Objetivos: O projeto pretende criar e desenvolver uma rede de internacionalização presencial do Ensino Superior Politécnico Português no estrangeiro, uma plataforma de informação para as instituições e para as empresas no âmbito da internacionalização, mecanismos partilhados de sustentabilidade e eventos de internacionalização.

Ficha de Projeto (consulte aqui)

Coordenador da equipa do IPPortalegre: Luís Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Equipa: Artur Romão, Maria José D’Ascensão, João Emílio Alves, António Casa Nova, Vera Barradas, Laura Hurtado, Ana Pereira, Carla Serra, Pedro Ranheta, Catarina Matos, Catarina Dias, Carlos Afonso.

Líder do projeto: Instituto Politécnico do Porto

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico de Bragança; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Politécnico do Cávado e Ave; Instituto Politécnico de Coimbra; Instituto Politécnico da Guarda; Instituto Politécnico de Leiria; Instituto Politécnico de Santarém; Instituto Politécnico de Tomar; Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Instituto Politécnico de Viseu; Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; Escola Superior de Enfermagem do Porto.

Código da operação: POCI-02-0752-FEDER-046021

Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo temático: OT 3 – Reforçar a competitividade das PME

Custo total elegível: 1.420.409,45€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 1.207.348,03€

Componente IPPortalegre: 52.238,26€

 

TransCoTec – Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico

Início: 01/11/2021 | Fim: 30/06/2023

Objetivos: O projeto TransCoTec visa potenciar a valorização dos resultados de I&D e reforçar a transferência de conhecimento científico e tecnológico para o setor empresarial, através de um consórcio formado por três Institutos Politécnicos (IP), IPPortalegre, IPTomar e IPSantarém. As atividades de transferência de conhecimento científico e tecnológico visam essencialmente as empresas existentes no mercado dos setores Agroalimentar, Energia, Água e Ambiente, mas também a criação de spin-offs ou start-ups nestes setores de atividade. Seria desejável um maior detalhe dos objetivos operacionais do projeto e sua ligação com os indicadores mensuráveis. O projeto está ainda sustentado por um diagnóstico limitado da realidade interna e externa dos quatro Institutos Politécnicos. Sendo a tipologia destes projetos de transferência do conhecimento científico e tecnológico, seria desejável ter alguma informação sobre as tecnologias existentes nos Institutos Politécnicos a explorar no mercado.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenação da equipa do IPPortalegre: Artur Romão (romao@ipportalegre.pt )
Equipa: Ana Ercília Reis José, Francisco Luis Mondragão Rodrigues, Hermelinda da Conceição Trindade Carlos, João Emilio Alves, Jorge Miguel Calha Rainho Machado, José Júlio Curricas Feiteira, Luis Alcino Pinto Monteiro da Conceição, Luis Carlos Loures, Luis Filipe do Carmo Calado, Luis Manuel Tremoceiro Baptista, Luiz Filipe Frechaut Trepa Torres Gonçalves Rodrigues Maria Catarina Gouveia Rodrigues Pereira de Matos Mónica Vieira Martins, Noémia do Céu Machado Farinha, Paulo Jorge Silveira Ferreira, Paulo Sérgio Duque de Brito, Pedro Manuel Gonçalves Silva Romano, Pedro Miguel Ribeiro Ranheta, Valentim Alberto Correia Realinho, Vera Lúcia Vintém Barradas Martins.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre
Parceiros: Instituto Politécnico de Tomar, Instituto Politécnico de Santarém.

Código da operação: POCI-01-0246-FEDER-181321
Programa: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Objetivos principal: Transferência de Conhecimento Científico e Tecnológico
Região de Intervenção: Alentejo e Centro

Custo total elegível:  736.171,66 €
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 625.745,92€
Componente IPPortalegre 249.249,44€

Ficha do projeto: consultar aqui

Erasmus+
 
Início: 01/09/2017 | Fim: 31/12/2021


Objetivo
: Melhorar a qualidade e a adequação dos conhecimentos e habilidades de estudantes de ciências da computação (e afins) em três universidades. Será feito pelo desenvolvimento, teste e implementação de formação inovadora em modelos de negócios pessoais e habilidades para usar ideias inovadoras no processo de planeamento de carreira.

Investigador responsável do Politécnico de Portalegre: Maria José Varadinov | mjvaradinov@ipportalegre.pt

Equipa: Cristina Dias, Carolina Santos, Paulo Nuno Canário, Luís Pinheiro, Gastão Marques, Cristina Guerra, João Paulo Miranda, Vanda Correia, Joaquim Elias, Margarida Coelho, Ana José

Líder do projeto: University of Information Technology and Management (Polónia)

Parceiros: Universita Degli Studi Di Modena e Reggio Emilia (Itália), Instituto Politécnico de Portalegre.

Código do projeto: 2018-1-PL01-KA203-051137

Programa: ERASMUS +

Financiamento: 93.461,00€

Componente Politécnico de Portalegre: 31.112,00€

Início: 01/10/2018 | Fim: 30/09/2021

Objetivos: o projeto S4Game visa proporcionar aos profissionais de saúde uma abordagem inovadora para adquirir e desenvolver soft skills que promovam o seu crescimento profissional. Para este efeito, serão produzidos um Handbook e um Serious Game imersivo baseado em tecnologias de Realidade Virtual. O principal objetivo de aprendizagem será a aquisição das soft skills necessárias para a atividade num bloco operatório, como a comunicação, o trabalho em equipe ou a liderança. Os diferentes intervenientes envolvidos num bloco operatório (cirurgião, enfermeiro e anestesista) estarão presentes no Serious Game na forma de avatares 3D, permitindo a recriação da interação típica durante o procedimento cirúrgico.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador Coordenador (IPP): António Arco | a.arco@ipportalegre.pt

Equipa: Adriano Pedro; Helena Arco; Maria Luísa Murta

Revisores: António Casa Nova; Joaquim Mourato; Sofia Roque

Colaboradores: Ana Paula Andrade; Sofia Roque; Filipa Matias

Líder do projeto: Centro de Cirugía de Mínima Invasión Jesús Usón – Cáceres (Espanha)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Viral Studios Sociedad Limitada – Badajoz (Espanha); Charles University: Faculty of Medicine in Hradec Králové – Hradec Králové (República Checa); Semmelweis University: Department of Surgical Research and Techniques – Budapest (Hungria).

Código do projeto: 2018-1-ES01-KA202-050943

Entidade Financiadora: ERASMUS +

Financiamento total do projeto: 302.052,00 €

Componente IPPortalegre: 35.832,00€

Website: www.s4game.eu

Início: 01/09/2018 | Fim: 31/08/2021

Objetivo: Este projeto aborda a diversidade cultural, linguística e religiosa, promove a apropriação de valores compartilhados, igualdade, não discriminação e inclusão social por meio do nível educacional. Em particular, o TC-Nurse visa:

– Fomentar o desenvolvimento de competências sociais, cívicas e transculturais e o pensamento crítico, não apenas entre os estudantes de enfermagem participantes e pessoal docente e clínico, mas também entre os principais intervenientes e decisores políticos a nível local e regional em todos os países participantes.
– Enfrentar a discriminação, a segregação, o racismo, o bullying e a violência na área da saúde, através da realização de pesquisas preliminares nessa área, e a subsequente criação de um módulo multinacional de aprendizagem combinada em enfermagem transcultural.

Disseminação de resultados:

Coordenador da Equipa do IPPortalegre: António Casa Nova | casanova@ipportalegre.pt

Equipa IPPortalegre: Margarida Coelho; Teresa Coelho e Raul Cordeiro

Líder do projeto: Fundacion Universidad San Jorge (Espanha)

Parceiros: Istanbul Aydin University (Turquia), Artesis Plantijn Hogeschool Antwerpen (Bélgica), Instituto Politécnico de Portalegre.

Código do projeto: 2018-1-ES01-KA203-050800

Programa: ERAMUS +

Financiamento: 302.052,00€

Componente IPPortalegre: 62.215,00€

Data de início: 01/09/2017  |  Data de fim: 31/08/2020

Objetivo: Destina-se a desenvolver e implementar módulos inovadores de aprendizagem e estágios internacionais, bem como o intercâmbio de estudantes de excelência entre as três universidades participantes nas três principais subáreas de Gestão, Turismo e Marketing. O projeto concentra-se no desenvolvimento do conhecimento dos alunos e na compreensão das novas tendências em economia de uma perspectiva internacional. Além da área de foco, os alunos desenvolvem a sua competência em mais dois idiomas (espanhol, inglês ou português), bem como as suas habilidades interculturais e profissionais, como trabalho em equipa, capacidade de resolução de problemas e liderança.

Os principais objetivos da proposta serão:

– Promover estudantes internacionais de excelência nas áreas de economia.

– Oferecer aos estudantes de regiões sub-limitadas ou limitadas da Europa a oportunidade de adquirir competências e competências internacionais relacionadas com Economia, mais especificamente, Negócios, Marketing e Turismo, melhorando as suas aptidões, atitudes e competências profissionais e linguísticas.

– Melhorar a empregabilidade e inserção laboral destes estudantes, não só no cenário nacional ou europeu, mas também no cenário global.

Investigador responsável do IPPortalegre: Helena Cameron | helenac@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Universidade de Granada (Espanha)

Código do projeto: 2017-1-ES01-KA203-038141

Programa: ERASMUS +

Financiamento: 278.848,00€

Componente IPPortalegre: 80.991,00€

Data de início: 01/09/2017  |    Data de fim: 31/08/2020

Objetivo: Reunir uma colecção de boas práticas de estilo de vida saudável e desenvolver um currículo, métodos e conteúdos de formação VET inovadores sobre a prevenção da obesidade e habilidades de estilo de vida saudável para enfermeiros, professores, assistentes sociais, para melhorar os seus conhecimentos, habilidades e capacitá-los para agir positivamente sobre os seus usuários finais.

Disseminação de resultados 

Investigador responsável do IPPortalegre: António Casa Nova | casanova@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Oamgmamr Iasi Branch (Roménia)

Código do projeto: 2017-1-RO01-KA202-037373

Programa: ERASMUS +

Financiamento: 263.651,00€

Componente IPPortalegre: 42.423,00€

 

OMNI – BEAST – OMNI – BE Aware STudent

Início: 02/10/2020 | Fim: 28/02/2023

Objetivo: desenvolver, testar e implementar soluções que definam as competências-chave dos nossos alunos, especialmente através da utilização do modelo de negócio CANVAS, bem como definam e orientem a carreira profissional dos alunos.

Disseminação de resultados

Coordenadora da Equipa do IPPortalegre: Maria José Varadinov | mjvaradinov@ipportalegre.pt

Equipa IPPortalegre: Luís Cardoso, Paulo Nuno Canário, Artur Romão, Cristina Dias, Gastão Marques, João Paulo Miranda, Isabel Borges e Telmo Lopes.

Líder do projeto: University of Information Technology and Management (Polónia)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Alma Mater Studiorum – Universita Di Bologna (Itália), Militos Symvouleutiki A.E. (Grécia), Universidade de Sevilha (Espanha).

Código do projeto: 2020-1-PL01-KA203-082198

Programa: ERASMUS +

Financiamento Total: 306.577,00 €

Componente IPPortalegre: 58.476,00 €

FCT
Início: 01/05/2018 | Fim: 30/11/2020


Objetivos: 
determinar a composição ótima das misturas de syngas/biodiesel a alimentar motores de combustão interna. Simulação numérica da combustão interna de misturas binárias.

Disseminação de resultados

Setembro de 2018: I Workshop Luso-Brasileiro Tecnologias associadas à produção de bioenergia a partir de resíduos municipais


COMUNICAÇÕES

1. Uso de Biogás de aterro sanitário para a produção de  Bioeletricidade e Biohidrogênio - José Luz Silveira | IPBEN UNESP

2. Aproveitamento energético de resíduos municipais para produção de Biocombustíveis no Brasil - Ronney Boloy | GEEMAT CEFET/RJ

3. Computer fluid dynamics models applied to gasification improvement and optimization - Valter Silva | VALORIZA/IPPORTALEGRE

4. Comparative techno-economic assessment of gasification and combustion technologies in dealing with agroforestry biomass blends - João Cardoso | IPPORTALEGRE

IMAGENS


Investigador IPPortalegre: Valter Silva | valter.silva@ipportalegre.pt

Investigador UNESP: José Luz Silveira | joseluz@feg.unesp.br

Investigador CEFET/RJ: Ronney Arismel Mancebo Boloy | ronney.boloy@cefet-rj.br

Equipa IPPortalegre: Valter Silva, Paulo Brito, João Cardoso, Daniela Eusébio, Luís Calado, Octávio Alves

Entidades financiadoras: FCT/CAPES (Projeto FCT/CAPES 2018/2019)

Início: 01/04/2015 | Fim: 29/02/2020


Objetivos: 
este projeto visa apresentar uma estratégia para investigar e otimizar o uso de resíduos urbanos e misturas de resíduos de biomassa para produzir gás sintético de alta qualidade a ser utilizado como parte de um sistema de energia de baixa emissão de carbono para geração de energia distribuída.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador Responsável: Valter Silva| valter.silva@ipportalegre.pt

Bolseiros de Investigação: João Pedro Cardoso, Daniela Eusébio

Código do projeto: IF/01772/2014/CP1253/CT0003

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Programa: IF 2014

Financiamento OE: 45.000,00€

Início: 01/09/2018 | Fim: 31/08/2019

Objetivos: entender a viabilidade do uso de MSW e biomassa para produzir syngas mais barato e de alta qualidade para fins energéticos (solução complementar à atual infraestrutura), assim como compreender as consequências ambientais, sanitárias e alterações climáticas do uso desta tecnologia.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador Responsável: Paulo Brito| paulo.brito@ipportalegre.pt

Equipa Instituto Politécnico de Portalegre: Valter Silva

Bolseiros de Investigação (IPPortalegre): João Pedro Cardoso, Daniela Eusébio, Margarida Santos

Equipa Universidade de Aveiro: Luís Tarelho; Manuel Matos; Daniel Pio

Bolseiro de Investigação (Univ. Aveiro): Rui Pinto

Código do projeto: CMU/TMP/0032/2017

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Programa: Concurso CMU-EXPL 2017

Financiamento OE: 96.000,00€

Inicio:20/08/2014 | Fim:29/02/2016

Projeto: A “Cultura do Desempenho”: a produção, transferência, difusão e outros impactos do conhecimento do Ensino Superior Politécnico

Objetivos: desenvolver e validar uma proposta de indicadores que melhor possam refletir a especificidade da missão das Instituições de Ensino Superior Politécnico, em termos de contexto regional, perfis institucionais e áreas disciplinares.

Investigador/coordenador: João Emílio Alves | j.alves@ipportalegre.pt

Equipa: Joaquim Mourato, João Emílio Alves, Rui Pulido Valente

Líder do projeto: Instituto Universitário de Lisboa/Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (ISCTE-IUL, CIES-IUL)

Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre

Programa: Concurso para Projetos de Desenvolvimento e Validação de Indicadores de Desempenho – Primeira Fase

Financiamento: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Início:01/01/2012 | Fim: 30/06/2015

Projeto: Materiais funcionais para a produção eletrolítica de hidrogénio

Objetivos: pretende-se construir um pequeno eletrolisador laboratorial, com uma solução aquosa alcalina, que funcione entre 25-85ºC, à pressão de 1 atm, em soluções de hidróxido de potássio concentrado, com novos eletrocatalisadores e com uma configuração que permita minimizar a resistência óhmica do reator.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Anabela Oliveira, Isabel Machado, Luiz Rodrigues

Líder do projeto: Instituto Superior Técnico (IST)

Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre

Montante aprovado: 26.559,00 euros

Financiamento FCT: 100%

Programa: Concurso de Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico em todos os Domínios Científicos – 2010

Financiamento: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Início:01/03/2012 | Fim:28/02/2014

Projeto: Construindo caminhos para a morte: uma análise de quotidianos de trabalho em cuidados paliativos

Objetivos: estabelecer as bases de uma investigação sociológica sólida sobre o trabalho dos profissionais de saúde em cuidados paliativos em Portugal. Os seus propósitos centrais são descrever e analisar as formas pelas quais os profissionais de saúde lidam, nos cuidados paliativos, com a complexidade em situações sociais específicas e compreender se e como estes profissionais tentam construir arranjos sociais de molde a promoverem o conforto dos doentes e a diminuírem o seu sofrimento nas suas trajetórias de final de vida.

Investigador/coordenador: Alexandre Martins | a.martins@esep.pt

Equipa: Alexandre Martins, Isabel Silva Ferreira, João Emílio Alves,Helena Arco

Líder do projeto: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa – Centro de Estudos de Sociologia (CesNova)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Haute École de Santé Genève, Haute École de Travail Social Genève

Investimento total do projeto: 41.993,00 euros

Componente IPP: 1.800,00 euros

Financiamento: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Programa: Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico em todos os domínios científicos 2010

Início:15/03/2021 | Fim:14/03/2022

Objetivo: Este projeto apresenta uma visão disruptiva, na qual veículos movidos a amónia (NH3) pura serão capazes de atingir baixas emissões de forma altamente eficiente.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador Responsável: Valter Silva (valter.silva@ipportalegre.pt)

Equipa: João Cardoso, Daniela Eusébio

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Instituto de Engenharia Mecânica (IDMEC)

Código do projeto: MIT-EXPL/CS/0052/2019

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Programa: Projetos Exploratórios no âmbito do Programa MIT Portugal – 2019

Financiamento OE:  49.944,06€

Investimento IPPortalegre: 24.898,06€

Início: 24/09/2018 | Fim: 23/09/2022
 

Objetivos: este projeto pretende estabelecer as bases para uma profunda e consistente investigação sociológica sobre o trabalho dos profissionais de saúde nos diferentes tipos de equipas de cuidados paliativos (CP) existentes em Portugal, a fim de desenvolver um modelo de base capaz de aumentar a qualidade da intervenção das equipas de CP.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador Responsável: Alexandre Martins | a.martins@ipportalegre.pt

Equipa: Alexandre Martins, Michel Binet, Helena Arco, Cristina Coelho

Líder do projeto: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa

Parceiros: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa, Instituto Politécnico de Portalegre, Universidade de Évora.

Código do projeto: PTDC/SOC-SOC/30092/2017

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Programa: Todos os Domínios Científicos – 2017

Financiamento OE: 229.742,47€

Componente IPPortalegre: 49.675,00€

Início:01/10/2018 | Fim:30/09/2022
 

Objetivos: o projeto tem como objetivo demonstrar em cidades ‘pioneiras’, que funcionarão como ‘laboratórios vivos’, soluções baseadas na natureza (NBS), inovadoras e replicáveis, que depois de testadas e aprimoradas serão introduzidas ao nível das propostas de planeamento das nossas cidades. A cidade de Faro (região do Algarve) e a cidade Fronteiriça de Elvas (região do Alentejo), integrante da Euro Cidade Elvas, Campo Maior, Badajoz, serão as áreas piloto, que pretendem representar cidades de diferentes tamanhos e estrutura e que apresentam condições socioeconómicas diferentes.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador IPPortalegre: Luís Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Universidade do Algarve

Parceiros: Universidade do Algarve, Instituto Politécnico de Portalegre

Código do projeto: PTDC/GES-URB/31928/2017

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Programa: Todos os Domínios Científicos – 2017

Financiamento OE: 232.186,42€

Componente IPPortalegre: 21.562,50€

Início:18/03/2011 | Fim:30/06/2013

Objetivosrealizar uma ampla divulgação dos resultados entre a comunidade científica (química, física, medicina, etc.) e outras entidades, feita em seminários e publicada em revistas técnico-científicas, beneficiando desta forma a saúde e a indústria farmacêutica.

Investigador/coordenadorAnabela Oliveira | asoliveira@estgp.pt

Equipa: Anabela Oliveira,Paulo Brito

Bolseiro de investigação: Cátia Maia

Líder do projeto: Instituto Superior Técnico (IST)

Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre

Montante90.000,00 euros

Financiamento: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

ProgramaERA-MNT

Início:   28/07/2020 | Fim:   27/10/2020

Objetivo: levar os alunos a explorar as diferentes tecnologias através de pequenos programas de formação intensiva de carater teórico prático e experimental com o desenvolvimento de trabalhos de I&DT em unidades piloto disponíveis no Centro de Investigação VALORIZA e na incubadora de base tecnológica BioBIP, permitindo um processo de aprendizagem muito aplicado e fundado no desenvolvimento de projetos.

Investigador Responsável: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre)

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Programa: Verão com Ciência

Financiamento OE (FCT):  16.315,20€

Início:   27/07/2020 | Fim:   26/10/2020

Objetivo: abordar um conjunto de temáticas distintas, mas complementares, que permitam a aquisição de conhecimentos e competências transversais ao nível do planeamento climático inteligente e que, ao mesmo tempo, garantam a aquisição de uma visão holística por parte dos formandos, provenientes de diferentes áreas de educação e formação, acerca do funcionamento dos sistemas naturais e da forma como é possível promover o desenvolvimento de paisagens agrícolas climaticamente sustentáveis através da implementação de estratégias integradas, que capitalizam os múltiplos benefícios proporcionados pelos sistemas naturais, quer ao nível bioclimático quer ao nível dos diversos serviços ecossistémicos.

Investigador responsável: Luís Carlos Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre)

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Programa: Verão com Ciência

Financiamento OE (FCT):  22.855,80€

Início:   17/08/2022 | Fim:   16/09/2022

Objetivo: Apoio especial para atividades de investigação científica e tecnológica em unidades de I&D com vista à valorização da capacidade científica e tecnológica e a sua relação com a o ensino superior e a sociedade.

Investigador Responsável: Paulo Ferreira | pferreira@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre)

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Programa: Verão com Ciência

Financiamento OE (FCT):  1.458,36€

ICA

Início:12/12/2014 | Fim:30/09/2017

Objetivo: Apoiar a unidade curricular “projeto de animação” da licenciatura em Design Animação e Multimédia (DAM), no âmbito da qual os alunos desenvolverão curtas-metragens de animação sobre temas com relevância social para a região, dimensão humana e potencial dramático e narrativo. Estas curtas-metragens constituem o trabalho final de curso e servirão para o aluno demonstrar os conhecimentos adquiridos ao longo de todo o curso, podendo vir a representar o principal cartão de apresentação do aluno no mercado de trabalho.

Coordenação:

José Miguel Ribeiro | jmrr@estgp.pt

Luís Vintém | lvintem@estgp.pt

Equipa: Magda Cordas, Nuno Chuva Vasco, Paulo Moreira, Tiago Baginha

Montante aprovado: 37.500 euros

Apoio80% – ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, I. P.

Programa: Formação de públicos nas escolas – Apoio à formação de estudantes que frequentem estabelecimentos de ensino que ministrem cursos especializados na área do cinema e audiovisual.

Início: 22/11/2017 | Fim: 30/09/2020

Objetivo: Apoiar a unidade curricular “projeto de animação” da licenciatura em Design Animação e Multimédia (DAM), no âmbito da qual os alunos desenvolverão curtas-metragens de animação sobre temas com relevância social para a região, dimensão humana e potencial dramático e narrativo. Estas curtas-metragens constituem o trabalho final de curso e servirão para o aluno demonstrar os conhecimentos adquiridos ao longo de todo o curso, podendo vir a representar o principal cartão de apresentação do aluno no mercado de trabalho.

Coordenação: José Miguel Ribeiro | jmrr@estgp.pt , Luís Vintém | lvintem@estgp.pt , Magda Cordas | mcordas@estgp.pt

Equipa: José Miguel Ribeiro, Luís Vintém, Magda Cordas, Helena Major, Paulo Moreira, Tiago Baginha

Montante aprovado: 19.194,00 euros

Apoio100% – ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, I. P.

Programa: Formação de públicos nas escolas – Apoio à formação de estudantes que frequentem estabelecimentos de ensino que ministrem cursos especializados na área do cinema e audiovisual – 2017.

Curtas-metragens de Animação

Início: 13/11/2020 | Fim: 30/09/2023

Objetivo: Apoiar a unidade curricular “projeto de animação” da licenciatura em Design Animação e Multimédia (DAM), no âmbito da qual os alunos desenvolverão curtas-metragens de animação sobre temas com relevância social para a região, dimensão humana e potencial dramático e narrativo. Estas curtas-metragens constituem o trabalho final de curso e servirão para o aluno demonstrar os conhecimentos adquiridos ao longo de todo o curso, podendo vir a representar o principal cartão de apresentação do aluno no mercado de trabalho.

Coordenação:

José Miguel Ribeiro | jose.ruivo.ribeiro@ipportalegre.pt

Luís Vintém | lvintem@ipportalegre.pt

Magda Cordas | mcordas@ipportalegre.pt

Equipa: José Miguel Ribeiro, Luís Vintém, Magda Cordas, Helena Major, Paulo Moreira, Tiago Baginha, João Lopes da Silva e Ana Estróia

Custo Total: 32.448,75€

Apoio financeiro do ICA: 25.959,00 €

Componente IPPortalegre: 32.448,75€

Apoio: 80% – ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, I. P.

Programa: Formação de públicos nas escolas – Apoio à formação de estudantes que frequentem estabelecimentos de ensino que ministrem cursos especializados na área do cinema e audiovisual – 2020.

INALENTEJO

Projeto: Centro de BioEnergia

Duração do projeto:

Início: 01/06/2011  | Fim: 30/06/2015

Objetivos: criação e instalação de uma incubadora de empresas de base tecnológica focada na área da Bioenergia com uma estrutura de incubação de empresas e de desenvolvimento de projetos de spin off tecnológicos em produção de combustíveis e energia a partir de fontes renováveis orgânicas, com base numa forte componente de atividades de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT). A incubadora de base tecnológica contemplará as componentes seguintes: suporte à criação de empresas; suporte tecnológico de unidades de produção de combustíveis a uma escala piloto; suporte laboratorial na área da química, materiais e microbiologia.

Investigadores/coordenadores: Joaquim Mourato, Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Joaquim Mourato, Paulo Brito, Anabela Oliveira, Francisco Rodrigues, José Rato Nunes, José Sousa, Luiz Rodrigues, José Gomes, João Cardoso, José Cardoso, Pedro Lopes, Luís Loures, Miguel Serafim, Cristina Pereira, Pedro Ranheta

Parceiros: Município de Portalegre; Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV); Centro Tecnológico das Indústrias do Couro (CTIC); Galp Energia, S.A.; NovaDelta, S.A.; Águas do Norte Alentejano, S.A.; Areanatejo – Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo; Casal & Carreira Biomassa, Lda; VALNOR – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, S.A.

Investimento total do projeto: 4 605 877,64 euros

Montante aprovado na 1ª fase: 1.775.935,07 euros

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: INALENTEJO – Programa Operacional Regional do Alentejo, QREN

 

Projeto: Centro de Atendimento Veterinário Escolar/Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias

Duração do projeto:

Início: 12/11/2012     |       Fim: 31/12/2013

Objetivosreequipamento de um Centro de Atendimento Veterinário Escolar (CAVE) e remodelação do Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias (LACV). Estas unidades visam realizar e promover o desenvolvimento de atividades de I&D e prestação de serviços na área das Ciências Veterinárias e Produção Animal. Tem como principais áreas de intervenção: a prestação de serviços na área dos cuidados clínicos veterinários e dos cuidados de enfermagem veterinária em animais de companhia; a realização de análises clínicas (análises hematológicas, bioquímicas e parasitológicas) no âmbito de projetos de I&D, e também numa ótica de prestação de serviços de apoio ao Centro de Atendimento Veterinário Escolar.

Investigador/coordenador: Rute Santos | rutesantos@esaelvas.pt

Equipa: Rute Santos, Luísa Dotti, Lina Costa, Miguel Minas, Augusto Gouveia, Ana Maria Baptista

Montante aprovado: 50.406,50 euros

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: INALENTEJO – Programa Operacional Regional do Alentejo, QREN

 

Projeto: Observatório Regional do Turismo do Alentejo

Duração do projeto:

Início: 01/05/2010       |          Fim: 31/10/2013

Objetivos: o Observatório Regional de Turismo do Alentejo é um projeto, da iniciativa da Turismo do Alentejo, ERT (TA), co-financiado pelo INALENTEJO no quadro do Regulamento do SIAC – Sistema de Apoio às Acções Colectivas – que se define enquanto instrumento estratégico, de nível regional, destinado a detetar oportunidades de mercado e a antever necessidades ligadas ao empreendedorismo no setor do turismo.

“O Observatório Regional do Turismo do Alentejo pretende ser um instrumento de apoio ao planeamento e prospetiva do Setor Turístico no Alentejo, capaz de produzir informação técnica fiável e independente, que favoreça a promoção, qualificação, diferenciação, sustentabilidade, e a inovação do seu tecido empresarial” [Turismo do Alentejo, Memória Descritiva do projeto, 2009].

Investigador/coordenador: Eva Milheiro | eva@esep.pt

Equipa:

Eva Milheiro

Gorete Dinis

Líder do projeto: Entidade Regional de Turismo do Alentejo

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral; NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora; NERPOR – Núcleo Empresarial da Região de Portalegre; Universidade de Évora

Montante aprovado: 192.366,72 euros

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: INALENTEJO – Programa Operacional Regional do Alentejo, QREN – SIAC (Sistema de Apoio às Ações Coletivas)

Página web: www.observatorioturismoalentejo.pt

Interreg-POCTEP

Início: 01/01/2012 | Fim: 30/09/2013

Objetivos: contribuir para uma melhoria da sustentabilidade para a proteção e conservação do meio ambiente e a envolvente natural SUDOE, uma vez que com o desenvolvimento das atividades propostas se irá diminuir as consequências destes fenómenos naturais. O objetivo final é concretizar e executar atuações inovadoras de grande valor tecnológico necessárias para prevenir e incrementar a segurança e eficácia na extinção dos Grandes Incêndios florestais, assim como difundir e estender o seu aproveitamento a diversos países do SUDOE, através de uma plataforma tecnológica de grande utilidade para a gestão na prevenção do risco e mitigação das suas consequências, tanto nas pessoas como no meio ambiente.

Investigador/coordenador: Susana Saraiva Dias | sdias@esaelvas.pt

Equipa: Susana Saraiva Dias, José Rato Nunes, Luís Loures, Graça Pacheco Ribeiro, Rute Santos, Orlanda Póvoa, Paula Ricardo, Anabela Carrilho

Chefe de fila: Empresa de Transformacion Agraria, S.A. – Subdirección I+D+i – Departamento de medio natural (ES)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Tecnologias Y Servicios Agrarios, S.A. (TRAGSATEC); Conselleria de Medio Rural – Centro de Investigación Forestal – LOURIZAN (ES).

Montante aprovado: 102.070,60 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: INTERREG IV B, SUDOE – Tema 53, Gestão de riscos.

Página web: http://www.satfor.com

 

Início: 01/04/2015 | Fim: 31/03/2022

Objetivo: promover a troca de informações e experiências, já em andamento, com bons resultados em ambos os lados da Raia, criando mecanismos para melhorar a economia ecológica e circular, através de uma hierarquia adequada de gestão de resíduos, estabelecida pela Diretiva 98/2008, em toda a Eurorregião.


Disseminação de resultados: 
 Página web do projeto |  Vídeo de apresentação do projeto

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito; Pedro Romano; Eliseu Monteiro; Pedro Matos; Catarina Dias, Bruno Garcia (bolseiro de investigação)

Líder do projeto: Junta de Extremadura. Dirección General de Medio Ambiente de la Junta de Extremadura

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Universidade de Évora; Associação de Defesa do Património de Mértola; Diputación Provincial de Cáceres; GESPESA – Gestión y Explotación de Servicios Públicos Extremeños, S.A.U.; INTROMAC – Instituto Tecnológico de Rocas Ornamentales y Materiales de Construcción; Mancomunidad Integral Sierra de San Pedro; PROMEDIO – Consorcio para la Gestión de Servicios Medioambientales de la Provincia de Badajoz; Ayuntamiento de Mérida; Universidad de Extremadura; GESAMB – Gestão Ambiental e de Resíduos; RESIALENTEJO – Tratamento e Valorização de Resíduos; AGENEX – Agencia Extremeña de la Energía

Código do projeto: 0008_ECO2CIR_4_E

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP)

Custo total elegível: 3.416.322,34€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 2.562.241,77€

Componente IPPortalegre: 73.333,33€

Página web do projeto: https://www.eco2cir.eu/

Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020

Início: 01/10/2015 | Fim: 05/04/2021

Objetivos: consolidar uma rede de apoio a projetos empresariais; concretizar uma metodologia de intervenção conjunta para constituição de um ecossistema único na região Euroace; desenvolver o espírito empreendedor, em particular entre os jovens.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Artur Romão | romao@ipportalegre.pt

Equipa: Artur Romão, Luís Loures, Pedro Ranheta, Rui Moura (bolseiro de investigação), Liliana Pêgo (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Extremadura Avante

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Secretaria General Ciência Tecnologia e Inovacion; DG Empresa y Competitividad; DG FP Y Universidad; IMEX; Instituto de la Juventud; AJE Extremadura; Conector IDE; ANJE; Universidade de Évora; Instituto Politécnico de Leiria; Instituto Pedro Nunes; EXPUTNIK; FUNDECYT-PCTEX

Código do projeto: 0176_EUROACE_LERA_4_E

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP)

Custo total elegível: 1.772.410,85€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 1.329.308,16€

Componente IPPortalegre: 190.283,11€

Página web POCTEPhttp://www.poctep.eu/es/2014-2020

Início: 01/01/2009 | Fim: 30/09/2012

Projeto: ALTERCEXA – Medidas de Adaptação e Mitigação das Alterações Climáticas através da promoção das Energias Renováveis nas regiões do Centro, Extremadura e Alentejo

Objetivos: promover a produção de energia de fontes alternativas nas Regiões Centro, Alentejo e Extremadura.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Luiz Rodrigues, Anabela Oliveira

Chefe de fila: Consejería de Industria, Energía y Medio Ambiente – Junta de Extremadura

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; RECET – Associação dos Centros Tecnológicos de Portugal; AreanaTejo; GESAMB – Gestão Ambiental e de Resíduos; Universidade de Évora; ADPM – Associação de Defesa do Património de Mértola.

Montante aprovado: 200.000,00 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: POCTEP – Eixo 3 – Cooperação e gestão conjunta em acessibilidades e ordenamento do território

Início: 05/12/2013 | Fim: 30/09/2015

Projeto: MITTIC – Modernização e Inovação Tecnológica com base TIC em setores estratégicos e tradicionais

Objetivos: Promover o crescimento económico e o emprego, aumentando a competitividade em setores económicos estratégicos e tradicionais, propondo ou implementando modelos e processos inovadores de organização e de produção com base na aplicação de Tecnologias de Informação e Comunicação.

Ações:

Plataforma de gestão de recursos de biomassa

Objetivos: desenvolvimento de um sistema informático capaz gerir os recursos de biomassa, mediante o registo através de georeferenciação da informação dos técnicos que estão no terreno e outras informações que resultam dos estudos sobre o uso de energia. Pode criar condições para que esta plataforma possa ser usada não só em Portugal mas também em Espanha, proporcionando condições para aumentar o uso de diferentes tipos de resíduos necessários para a produção de energia renovável. Pode ainda possibilitar o desenvolvimento de parcerias entre centros de I&D e empresas de áreas industriais e agrícolas, a fim de divulgar as boas práticas.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt
Equipa: Paulo Brito, Valentim Realinho, Luís Baptista, Luiz Rodrigues
Bolseiro de Investigação: Miguel Belém
Montante aprovado: 53.199,00 euros

Plataforma web: www.bioenergymap.pt
Aplicação Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=c3i.bioenergymap&hl=pt-PT

Aprendizagem baseada nas TIC para a especialização da equipa cirúrgica em Cirurgia Minimamente Invasiva

Objetivos: estabelecer uma cooperação transfronteiriça que permita lançar as bases pedagógicas e didáticas e adquirir os conhecimentos necessários para desenvolver um sistema de formação com base nas TIC que proporcione uma ferramenta útil e simples a todos os membros da equipa cirúrgica (cirurgiões, assistentes, anestesistas, etc.) de modo a que se especializem nas mais avançadas técnicas cirúrgicas minimamente invasivas.

Investigador/coordenador: António Arco | a.arco@essp.pt
Equipa: António Arco, Francisco Monteiro, Manuel Espírito Santo, Miguel Arriaga, Jorge Santos, Cordelia Santiño
Montante aprovado: 21.482,24 euros

Aplicação de TIC a poupança e eficiência energética de edifícios de serviços e desenvolvimento do setor

Objetivos: Criação de estruturas mistas de inovação e desenvolvimento tecnológico que visem a utilização das TIC no setor estratégico da construção e na redução da procura energética dos edifícios, melhorando o conforto dos utilizadores.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt
Equipa: Paulo Brito, Pedro Romano, Eliseu Monteiro
Bolseiro de Investigação: Octávio Alves
Montante aprovado: 25.318,76 euros

Promover o desenvolvimento do empreendedorismo e das TIC na região do Alto Alentejo e Extremadura

Objetivos: organização da ENOVE+ Feira de Emprego e Empreendedorismo, evento que pretende ser uma mostra de inovação desenvolvida para as empresas, instituições públicas e privadas e pessoas que devem ser destacadas de forma positiva, com a apresentação de novas ideias de negócio, ofertas de emprego, adequação da formação dos trabalhadores às necessidades dos empresários e promoção dos melhores cursos de formação para jovens.

Investigador/coordenador: Artur Romão | romao@estgp.pt
Equipa: Artur Romão, Ana Vinagre, António Casa Nova, Catarina Matos, Cláudia Lopes, Fernando Rebola, João Cardoso, Luís Baptista, Luís Loures, Pedro Ranheta
Montante aprovado: 17.333,33 euros

Página web: www.enovemais.com
Portal de emprego: www.emprego.ipportalegre.pt

Chefe de fila: Junta de Extremadura

Parceiros: Junta de Extremadura; Instituto del Corcho, la Madera y Carbón Vegetal (ICMC); Instituto Tecnológico de Rocas Ornamentales y Materiales de Construcción (INTROMAC); Centro de Cirugía de Mínima Invasión Jesús Usón (CCMIJU); Institución Ferial de Extremadura (FEVAL); Fundación Computación y Tecnologías avanzadas de Extremadura (COMPUTAEX); Fundación FUNDECYT – Parque Científico y Tecnológico de Extremadura (FUNDECYT-PCTEX); Asociación Empresarial de Investigación Centro Tecnológico Nacional Agroalimentario “Extremadura” (CTAEX); Universidade de Évora; Instituto Politécnico de Portalegre (IPP); Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Baixo Alentejo e Litoral (CEBAL); Centro Tecnológico para o Aproveitamento e Valorização das Rochas Ornamentais e Industriais (CEVALOR); Associação de Desenvolvimento Regional do Instituto Politécnico de Portalegre (ADR-IPP); Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar (CATAA).

Montante aprovado: 117.333,33 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: POCTEP – Eixo 1 – Cooperação e gestão conjunta para o fomento da competitividade e promoção do emprego

Página web do projeto: http://mittic.gobex.es

Início: 06/02/2008 | Fim: 31/12/2010
 

Objetivos: criação de uma rede, ligando organizações públicas de investigação e universidades, que estabeleça um quadro de trabalho coordenado para promover sinergias e complementaridades em matéria de Investigação, Desenvolvimento e Inovação.
Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa:
Paulo Brito
Graça Pacheco
Noémia Farinha
Pedro Romano
Chefe de fila: Junta de Extremadura
Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; RECET – Associação dos Centros Tecnológicos de Portugal; Universidade de Évora; INRB – Instituto Nacional de Recursos Biológicos; Instituto Politécnico de Beja; Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio; ADR-IPP – Associação de Desenvolvimento Regional do Instituto Politécnico de Portalegre.

Montante aprovado: 100.000,00 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: POCTEP – Eixo 1 – Cooperação e gestão conjunta para o fomento da competitividade e promoção do emprego

Início: 01/01/2011 | Fim: 30/06/2014

Projeto: RITECA II – Rede de Investigação Transfronteiriça da Extremadura, Centro e Alentejo

Objetivos: criação de uma rede, ligando organizações públicas de investigação e universidades, que estabeleça um quadro de trabalho coordenado para promover sinergias e complementaridades em matéria de Investigação, Desenvolvimento e Inovação.

Chefe de fila: Junta de Extremadura

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; RECET – Associação dos Centros Tecnológicos de Portugal; Universidade de Évora; INRB – Instituto Nacional de Recursos Biológicos; Instituto Politécnico de Beja; Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio; ADR-IPP – Associação de Desenvolvimento Regional do Instituto Politécnico de Portalegre.

Valor total do projeto: 106.666,67 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: POCTEP – Eixo 1 – Cooperação e gestão conjunta para o fomento da competitividade e promoção do emprego

Sub-projetos:

Novas técnicas de implementação de pastagens

Novas técnicas de implementação de pastagens (sub-projeto RITECA II)

Objetivos: colher e preservar o germoplasma mais interessante das zonas de elevado potencial de diversidade genética, tanto cultivado como da flora espontânea e prevenir a degradação da biodiversidade natural nas áreas sujeitas a sistemas de agricultura/pecuária extensivos, nas grandes manchas continuas de olival e vinha que crescem um pouco por todo o lado, no Alentejo e Extremadura, onde o uso abusivo de herbicidas destrói massivamente toda a vegetação arbustiva e herbácea, representando perdas irreparáveis na biodiversidade. A participação da ESAE incide nos recursos genéticos das espécies aromáticas e medicinais e das espécies de interesse paisagístico.

Investigador/coordenador: Noémia Farinha | nfarinha@esaelvas.pt

Equipa:

Noémia Farinha

Orlanda Póvoa

Montante aprovado: 20.898,46 euros

Inovação na construção e manutenção sustentável das infraestruturas civis, na zona transfronteiriça Espanha-Portugal

Inovação na construção e manutenção sustentável das infraestruturas civis, na zona transfronteiriça Espanha-Portugal (sub-projeto RITECA II)

Objetivos: implementação de um sistema de aquisição de dados para sondas electroquímicas, em estruturas fabricadas em laboratório e em estruturas de estações de tratamento de águas residuais (ETAR). Desenvolvimento de um catálogo de soluções técnicas utilizadas na execução de pavimentos betuminosos no Distrito de Portalegre.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa:

Paulo Brito

Pedro Romano

Sistema de cirurgia assistida por computador (CAS) aplicado a intervenções laparoscópicas

Sistema de cirurgia assistida por computador (CAS) aplicado a intervenções laparoscópicas

Objetivos: o projeto estabelece uma  cooperação transfronteiriça que permite adquirir os conhecimentos necessários para desenvolver um sistema que dê assistência ao cirurgião durante a prática das intervenções hepáticas. Os resultados esperados deste projeto correspondem à obtenção de um protótipo de cirurgia assistida  que proporcione informação útil durante o desenvolvimento da ressecção hepática e de forma a que esta se possa levar a cabo com maior precisão. Espera-se ainda obter diferentes comunicações e publicações científicas.

Investigador/coordenador: Paulo Brito| pbrito@estgp.pt

Equipa:

Paulo Brito

João Fradinho Oliveira

Início: 01/01/2009 | Fim: 30/09/2012

Projeto: ALTERCEXA – Medidas de Adaptação e Mitigação das Alterações Climáticas através da promoção das Energias Renováveis nas regiões do Centro, Extremadura e Alentejo

Objetivos: promover a produção de energia de fontes alternativas nas Regiões Centro, Alentejo e Extremadura.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Luiz Rodrigues, Anabela Oliveira

Chefe de fila: Consejería de Industria, Energía y Medio Ambiente – Junta de Extremadura

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; RECET – Associação dos Centros Tecnológicos de Portugal; AreanaTejo; GESAMB – Gestão Ambiental e de Resíduos; Universidade de Évora; ADPM – Associação de Defesa do Património de Mértola.

Montante aprovado: 200.000,00 euros

Cofinanciamento FEDER: 75%

Programa: POCTEP – Eixo 3 – Cooperação e gestão conjunta em acessibilidades e ordenamento do território

INNOINVEST – Promoção do investimento empresarial na inovação de produtos energéticos para edificação

Início: 01/10/2017 | Fim: 31/03/2023

Objetivo: Visa a promoção da I+D+i empresarial em produtos e serviços energéticos relacionados com a construção.

Investigador responsável do IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Equipa: Paulo Brito; Pedro Romano, Luiz Rodrigues e Luis Calado

Líder do projeto: Agencia Extremeña de La Energía (AGENEX)

Parceiros:
Instituto Politécnico de Portalegre (IPP); Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo (AREANATejo); Asociacion de Instaladores Electricistas y Telecomunicaciones de Badajoz (ASINET); Asociacion de Instaladores Electricistas y Telecomunicaciones de Caceres (ASEMIET); Asociacion Regional de Empresarios del Metal de Extremadura (ASPREMETAL); Cluster de La Energia de Extremadura (CLUSTEREX); Federacion Regional de la pequeña y mediana empresa de la Construccion y Afines de Extremadura (PYMECON); Instituto Politécnico da Guarda(IPG); Instituto Português de Energia Sola (IPES); Instituto Tecnologico de Rocas Ornamentales y Materiales de La Construccion (INTROMAC); Junta de Extremadura Consejeria de Medio Ambiente y Rural, Politicas Agrarias y Territorio Direccion Genereal de Medio Ambiente (JUNTAEX); Junta de Extremadura Consejeria de Medio Ambiente y Rural, Politicas Agrarias y Territorio Direccion Genereal de Urbanismo y Ordenacion del Territorio; Junta de Extremadura Direccion General de Arquitectura y Calidad de la Edificacion; Núcleo Empresarial da Região de Évora (NERE-AE); Núcleo Empresarial da Região de Portalegre/ Associação Empresarial (NERPOR-AE); Universidad de Extremadura (UEX);

Código do projeto: 0605_INNOINVEST_4_E

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP)

Custo total elegível: 2.567.825,11€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 1.925.868,83€

Componente IPPortalegre: 22.500,00€

Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020


COOP4PAM – Cooperar para crescer no setor das plantas aromáticas e medicinais

Início: 01/10/2018 | Fim: 31/12/2022

Objetivo: desenvolver a fileira das PAM na EUROACE, potenciando o aumento da competitividade e inovação das empresas na sua abordagem aos mercados nacionais e internacional, num setor jovem com potencial de crescimento e diversificação no qual este território transfronteiriço se apresenta com vantagens comparativas. Partindo de condições edafoclimáticas similares e recursos biológicos comuns raros, será conjuntamente identificado o potencial valor económico e colocadas em cultivo algumas plantas silvestres e melhorados os processos produtivos de outras, ao mesmo tempo que se incentivará o desenvolvimento de produtos finais de maior valor, a partir do aprofundamento da articulação entre investigação e empresas e do desenvolvimento do trabalho em rede.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenadora da equipa do IPPortalegre: Orlanda Póvoa | opovoa@ipportalegre.pt

Equipa: Noémia Farinha; Francisco Mondragão Rodrigues; Luis Alcino da Conceição; Carlos Santana; Mariana Paulo (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Associação para o Desenvolvimento do Concelho de Moura (ADC Moura)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Fundacion Fundecyt – Parque Cientifico y Tecnologico de Extremadura (FUNDECYT – PCTEX); Centro de Investigaciones Cientificas y Tecnologicas de Extremadura (CICYTEX); INOVCLUSTER – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro; Health Products Research and Development, Lda. (LABFIT); Instituto Politécnico de Castelo Branco; Associação Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior (CBPBI); Asociacion Empresarial Centro Tecnologico Nacional Agroalimentario Extremadura (CTAEX).

Código do projeto: 0665_COOP4PAM_4_P

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP)

Custo total elegível: 623.275,82€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 467.456,88€

Componente IPPortalegre: 86.664,56€

Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020

4IE_Plus – Instituto Internacional de Investigación e Innovación del Envejecimiento +

Início: 01/10/2017 | Fim: 31/09/2022

Objetivo: melhorar o conhecimento sobre aspetos-chave como solidão, violência, expectativas de cuidado e itinerários terapêuticos. Este conhecimento será valorizado através da sua aplicação na definição de políticas equipamentos públicos e o desenvolvimento de soluções tecnológicas para melhorar a qualidade de vida.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador responsável do IPPortalegre: Adriano Pedro | apedro@ipportalegre.pt

Equipa: Helena Arco; Paula Oliveira; Secundino Lopes; Valentim Realinho; Catarina Dias; António Arco (até 03/06/2019)

Líder do projeto: Universidad de Extremadura

Parceiros: Fundacion para la Formacion y la Investigacion de lo Profesionales de la Salud (FUNDESALUD); Universidade de Évora; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico de Portalegre

Código do projeto: 0499_4IE_PLUS_4_E

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP)

Custo total elegível: 1.283.874,83€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 962.906,13€

Componente IPPortalegre: 30.596,99€

Início: 01/10/2015 | Fim: 30/06/2020

Objetivos: compreender os aspetos biomédicos, funcionais e psicológicos do envelhecimento em contextos concretos; gerar novos modelos e processos de cuidados a idosos; desenvolver soluções tecnológicas que contribuam para a saúde e qualidade de vida destes e para a sustentabilidade dos serviços.

Disseminação de resultados (em breve) 

Investigador responsável IPPortalegre: Adriano Pedro | apedro@ipportalegre.pt

Equipa: Helena Arco; Paula Oliveira; Secundino Lopes; Valentim Realinho; Adelaide Proença; Catarina Dias; António Arco (até 03/06/2019)

Líder do projeto: Universidade de Évora

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; Universidad de Extremadura; Administração Regional de Saúde do Alentejo

Código do projeto: 0445_4IE_4_P 

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 

Custo total elegível: 1.346.288,04€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 1.009.716,05€

Componente IPPortalegre: 53.333,33€

Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020/

 

Início: 01/07/2015 | Fim: 31/12/2019

Objetivo: fortalecer o tecido empresarial, criando sinergias entre as Empresas e os Centros de I+D+I que permitam a realização de ações de transferência e validação precoce de produtos e serviços através de processos de inovação aberta e promoção do empreendedorismo nas áreas chave da especialização inteligente na EUROACE.

Atividade 2. Instrumentos para a Inovação aberta em PME´S |Ação 1. NNTT aplicadas a processos organizativos em PMEs:

Tarefa 1. Mapa de subprodutos agroalimentares da zona EUROACE

Investigador responsável IPPortalegre: Ana Cordeiro | ana_cordeiro@esaelvas.pt 

Equipa: Ana Cordeiro; Maria da Graça Pacheco de Carvalho; Francisco Mondragão Rodrigues

Bolseira de Investigação: Mariana Paulo

Tarefa 4. Novas tendências na industria da Construção. Diagnóstico e propostas para a implantação massiva de BIM (Building Information Modeling) na EUROACE 

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito; Pedro Romano; Pedro Lopes; Eliseu Monteiro

Bolseiro de Investigação: Pedro Machado

Tarefa 5. Sistema de fertilização integral

Investigador responsável IPPortalegre: José Manuel Rato Nunes | ratonunes@esaelvas.pt

Equipa: José Manuel Rato Nunes; Luís Loures; Paulo Ferreira; António Brito

Bolseiro de Investigação: José Gama

 

Actividade 3. CONHECIMENTO | Ação 1. Pessoas, Ideias e Oportunidades:

Tarefa 2. Elaboração de produtos cosméticos bioativos baseados em extratos vegetais

Investigador responsável IPPortalegre: Noémia Farinha | nfarinha@esaelvas.pt

Equipa: Noémia Farinha; Orlanda Póvoa; Luís Alcino da Conceição; Paula Paredes

Bolseira de Investigação: Ana Silva

Tarefa 6. Valorização dos resíduos provenientes da agricultura e da floresta da zona EUROACE. Investigação e estudo de possíveis aplicações

Investigador responsável IPPortalegre: José Manuel Rato Nunes | ratonunes@esaelvas.pt

Equipa: José Manuel Rato Nunes; Paulo Brito; Luís Loures; Paulo Ferreira; António Brito; Pedro Romano; Pedro Lopes; Ludovina Pereira; Carlos Pimentel

Bolseiros de Investigação: Paulo Vivas; Ricardo Correia

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Líder do projeto: Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (CICYTEX)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Castelo Branco; Instituto Politécnico de Beja; Universidade de Évora; Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL); Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar de Castelo Branco (CATAA); Parque Científico e Tecnológico do Alentejo (PCTA); Instituto Pedro Nunes – Associação para a Inovação e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia; Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (CICYTEX). Consejería de Economía e Infraestructuras. Junta de Extremadura; Asociación Empresarial Centro Tecnológico Nacional Agroalimentario “Extremadura” (CTAEX); Fundación FUNDECYT Parque Científico y Tecnológico de Extremadura; Instituto Tecnológico de Rocas Ornamentales Y Materiales de Construcción (INTROMAC); Institución Ferial de Extremadura (FEVAL); Instituto de Arqueología (Agencia Estatal Consejo Superior de Investigaciones Científicas).

Código do projeto: 0049_INNOACE_4_E 

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 

Custo total elegível: 4.555.822,11€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 3.416.866,58€

Componente IPPortalegre: 240.000,00€

Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020

Início: 01/10/2015 | Fim: 31/12/2018

Objetivos: estimular e promover a I&D nos setores empresariais de forte presença na região EUROACE, como, por exemplo, metalomecânicos ou eletrotécnicos, através da colaboração entre centros de investigação. Prevê-se a introdução de novos desenvolvimentos tecnológicos (novos produtos e serviços) dos setores-chave, identificados nas RIS de cada região, que aumentem a competitividade internacional das empresas da região EUROACE. Desta forma, prevê-se uma melhoria na participação do setor da metalomecânica e da eletrotecnia em atividades de I&D+I próximas do mercado, na região EUROACE. 

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador responsável IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito; Eliseu Monteiro; Luiz Rodrigues; Catarina Dias; Roberta Panizio (bolseira de investigação)

Líder do projeto: Agencia Extremeña de la Energía (AGENEX)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Politécnico de Beja; Universidade de Évora; Associação Empresarial da Região de Santarém (NERSANT); Núcleo Empresarial da Região de Évora (NERE-AE); Inpress’ Studio; Consorcio para la Gestión de Servicios Medioambientales. Diputación de Badajoz (PROMEDIO); Centro Extremeño de Tecnologías Avanzadas (CETA-CIEMAT); Centro Tecnológico da Indústria de Moldes, Ferramentas Especiais e Plásticos (CENTIMFE); Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (CICYTEX); Dirección General de Arquitectura. Consejería de Sanidad y Políticas Sociales; Instituto Tecnológico de Rocas Ornamentales y Materiales de la Construcción (INTROMAC); Universidad de Extremadura; Dirección General de Industria, Energía y Minas. Consejería de Economía e Infraestructuras; Asociación Regional de Empresarios del Metal de Extremadura (ASPREMETAL); Cluster de la Energía de Extremadura.

Código do projeto: 0330_IDERCEXA_4_E 

Programa: Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 

Custo total elegível: 3.938.578,92€

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER: 2.953.934,19€

Componente IPPortalegre: 66.666,67€

 Página web POCTEP: http://www.poctep.eu/es/2014-2020

NAWA

Início: 01/10/2019 | Fim: 30/09/2022

Objetivo: utilização da lógica do Design pensado no processo de individualização do percurso de aprendizagem e dos conteúdos didáticos face às necessidades atuais do mercado de trabalho. Além disso, está prevista a adaptação dos métodos Designing your life e Business Model You e o desenvolvimento de uma metodologia original composta pelo processo e por métodos e técnicas devidamente selecionados.

Disseminação de resultados:

Investigador responsável do IPPortalegre: Maria José Varadinov | mjvaradinov@ipportalegre.pt

Equipa: Gastão Marques, Ana José, Maria Cristina Guerra, Luís Miguel Cardoso.

Líder do projeto: University of Information Technology and Management (Polónia)

Programa Financiamento: NAWA Programme (Polish national funds)

Financiamento: 215.591,00€

Componente IPPortalegre: 41.348,61€

Início: 01/06/2014 | Fim: 31/12/2017

Objetivos: aumentar a oferta de carne bovina no mercado nacional; oferecer produtos com qualidade sensorial diferenciada (sabor, tenrura, e suculência); valorizar os recursos animais naturalmente adaptados às condições edafoclimáticas e aos alimentos disponíveis nas regiões ligadas à sua criação; gerar postos de trabalho; viabilizar sistemas que preservam a produção integrada; gestão sustentável dos recursos naturais visando a viabilidade, competitividade económica, desenvolvimento socioeconómico das zonas rurais, sustentabilidade ambiental, e manutenção da biodiversidade dos sistemas.

Disseminação de resultados

 
 
– Poster apresentado no XX Congresso de Zootecnia, 5, 6 e 7 de abril de 2018
 

 

Investigador responsável IPPortalegre: Rute Santos | rutesantos@esaelvas.pt

Equipa: Rute Santos, Noémia Farinha, Graça Carvalho, Luís Conceição, Miguel Minas

Líder do projeto: ELIPEC – Agrupamento do Produtores de Pecuária, SA

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Sociedade Agropecuária da Chainça da Elvirinha, Lda; Agrisa – Agropecuária, SA; Carrilha de Palma – Sociedade Agrícola, Lda; Sociedade Agrícola de São Pedro, Lda.

Código da operação: 020565055518

Programa: PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural

Subprograma 4: 4.1. Cooperação para a Inovação

Região de Intervenção: Alentejo

Componente IPPortalegre: 146.440,71€

Cofinanciamento FEADER: 65%

 

Início: 01/03/2011 | Fim: 30/03/2015

Projeto: Colheita, conservação e valorização de germoplasma de poejos e coentros no Alentejo

Objetivos: o trabalho a desenvolver constitui parte de um estudo integrado, que terá como ponto de partida um vasto conjunto de informação técnica e científica já existente, obtida essencialmente no âmbito dos projeto AGRO 34 e AGRO 522, aos quais a ESAE quer dar continuidade. O projeto visa estabelecer refúgios ex-situ dos taxa medicinais e aromáticos de Mentha cervina, Mentha pulegium e Coriandrum sativum de forma a manter, dentro do possível, as suas populações, e prevenir os efeitos da erosão genética. Isto inclui a sua conservação no Banco Português de Germoplasma Vegetal, assim como a preservação das populações inventariadas de M. cervina em “coleções de referência” instaladas em Elvas, na ESAE, de forma a conservar a diversidade genética do material vegetal autóctone. Como resultado final deste projeto, pretendemos candidatar ao Catálogo Nacional de Variedades, uma variedade de cada uma das espécies objeto deste projeto.

Investigador/coordenador: Noémia Farinha | nfarinha@esaelvas.pt

Equipa:Noémia Farinha, Orlanda Póvoa, João Paulo Mendes, Márcia Oliveira, António Brito, Cristina Pereira, Paula Ricardo

Bolseira de Investigação: Elsa Lopes

Montante aprovado: 83.776,45 euros

Financiamento FEADER: 100%

Programa: PRODER – Componente Vegetal, Aviso n.º 1/sub-acção 2.2.3.1/2010

 

Projeto: Rede de informação estratégica agrícola

Duração do projeto:

Início: 01/01/2011    |      Fim: 31/12/2013

Objetivos: criação de uma Rede articulada que permita um correto fluir da informação e do conhecimento entre agentes “produtores” e “consumidores” desse mesmo conhecimento. Para atingir esse objetivo, e estabelecendo como prioridade várias fileiras estratégicas – de acordo com as especificidades regionais da implantação territorial de cada parceiro – preconiza-se a utilização de quatro vetores-base difusores/catalisadores da informação: Seminários, Manuais Técnicos, Revista Técnica e Plataforma Tecnologia da Informação. No conjunto destas ações, e no seu mecanismo de rede e de disseminação territorial, bem como a abrangência de áreas temáticas e diferentes abordagens teóricas e cognitivas, pensamos conseguir criar uma dinâmica e um efeito que vai de encontro aos objetivos preconizados para esta medida.

Investigador/coordenador: José Manuel Rato Nunes | ratonunes@esaelvas.pt

Equipa:

José Manuel Rato Nunes

Luís Alcino Conceição

Líder do projeto: Confederação Nacional dos Jovens Agricultores e do Desenvolvimento Regional (CNJAP)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Associação dos Escanções de Portugal; IDIM – Instituto de Desenvolvimento e Investigação em Marketing; Instituto Politécnico da Guarda; ADRO – Agência de Desenvolvimento Regional do Oeste; Instituto Politécnico de Santarém; Associação Parque de Ciência e Tecnologia Alentejo; Universidade do Algarve; Instituto Politécnico de Bragança; Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Instituto Politécnico de Coimbra.

Montante aprovado: 15.706,00 euros

Cofinanciamento FEADER: 75%

Programa: PRODER – Redes Temáticas de informação e Divulgação, Aviso n.º 1/Acção 4.2.2/2009

 

Projeto: Nutrição de Bovinos de Carne

Duração do projeto:

Início: 01/06/2010    |        Fim: 31/05/2013

Objetivos: levantamento de informação junto dos agricultores do tipo e modo de alimentação administrado aos efetivos, demonstração de metodologias de diagnóstico da curva da pastagem e comportamento do efetivo na mesma com base em tecnologias de georreferenciação e divulgação de metodologias de distribuição de alimentos.

Investigador/coordenador: Luís Alcino Conceição | conceicao.la@gmail.com

Equipa: Luís Alcino Conceição, Rute Santos, Augusto Gouveia, Noémia Farinha, Ana José, Carolina Santos, Paulo Canário, Pedro Matos, Luís Baptista

Bolseiros de investigação: Alexandra Palmeiro, Ana Filipa Monteiro, Célia Correia, Cheila David, Tiago Balejo

Líder do projeto: Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Natur-Al-Carnes – Agrupamento de Produtores Pecuários do Norte Alentejano; Universidade de Évora.

Montante aprovado: 392.927,85 euros

Cofinanciamento FEADER: 60%

Programa: PRODER – Redes Temáticas de informação e Divulgação, Aviso n.º 1/Acção 4.2.2/2009

Página web: www.nutricaobovinoscarne.com

Facebook: www.facebook.com/NutricaoBovinosCarne?ref=hl

 

CONSERVAÇÃO E MELHORAMENTO DE PLANTAS AROMÁTICAS E MEDICINAIS

Início: 01/09/2018 | Fim: 31/08/2022

Objetivos: contribuir para a conservação e valorização dos recursos genéticos endógenos das plantas aromáticas e medicinais (PAM) com interesse para a agricultura e alimentação.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador IPPortalegre: Noémia Farinha| nfarinha@ipportalegre.pt

Equipa: Noémia Farinha, Orlanda Póvoa, Francisco Mondragão Rodrigues, Luís Alcino da Conceição, Paulo Ferreira, Ana Vinagre.

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre.

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; Faculdade de Ciências – Universidade de Lisboa

Código do projeto: PDR2020-784-042741

Programa: PDR2020

Custo total elegível: 141.102,00€

Apoio financeiro da União Europeia: FEADER: 125.414,50€

Componente IPPortalegre: 78.035,00€

Página da Comissão Europeia: http://ec.europa.eu/agriculture/rural-development-2014-2020/index_pt.htm

Início: 01/01/2022 | Fim: 31/12/2023

Objetivos: tem como objetivo geral a promoção da inovação tecnológica no setor agroflorestal, nomeadamente nas competências relacionadas com a Mecanização, Agricultura de Precisão e Digitalização aplicadas a cada uma das fileiras, promovendo a cooperação/parceria e a dignificação dos agentes nestas áreas pela transferência de
conhecimento, desenvolvimento e capacitação.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador IPPortalegre: Luis Alcino da Conceição | luis_conceicao@ipportalegre.pt

Equipa: Luís Alcino da Conceição, Cláudia Martinho, Luis Silva (bolseiro de investigação)

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre.

Código do projeto: PDR2020-2024-080340

Programa: PDR2020

Operação: 20.2.4 / Anúncio: 06 / Operação 20.2.4/ 2021

Montante aprovado em candidatura: 42.646,00 €

BPI

bpi-La-Caixa

 
Início: 01/03/2019 | Fim: 28/02/2021
 

Objetivos: desenvolver uma ferramenta tecnológica de fácil utilização (aplicação móvel) capaz de determinar em tempo real as dotações máximas de rega para diferentes culturas, contribuindo de forma efetiva não só para uma redução no consumo de água na agricultura/regadio na ordem dos 20 a 30%, mas servindo também de ferramenta de apoio à decisão ao nível da seleção das melhores culturas para cada local, tendo em conta o objetivo último da poupança da água.

APP desenvolvida no âmbito do projetoAgro Water Saving APK (Versão 1.1.0)

Investigador Responsável: Luís Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Co-Investigador Responsável: Paulo Ferreira | pferreira@ipportalegre.pt

Equipa: Luís Loures, José Rato Nunes, Paulo Ferreira, Jorge Machado, Daniel Marmelo, José Cabezas, José Naranjo

Entidade Financiadora: Fundação “la Caixa”

Programa: Promove. Regiões Fronteiriças

Investimento total: 99.684,00€

Apoio Fundação “la Caixa”: 74.723,00€

PDR2020

 

Projeto: Contribuição para o aumento da rentabilidade e da sustentabilidade ambiental dos regadios a Sul do Tejo

Duração do projeto:

Início: 01/01/2012           |         Fim: 31/07/2013

Objetivos: transmitir experiência e conhecimento aos agricultores e técnicos agrícolas da região do Alentejo no que respeita à gestão do regadio, por forma a aumentar a rentabilidade económica do uso desta tecnologia e a sustentabilidade ambiental desta prática. Cumprindo este objetivo estaremos a contribuir de forma decisiva para o desenvolvimento de uma região onde a agricultura possui ainda uma grande importância em termos económicos e sociais, promovendo o aumento da rentabilidade económica das explorações agrícolas e assim da qualidade de vida das pessoas aí residentes, sendo nosso objetivo contribuir para a não evolução do processo de desertificação ambiental e social que o Alentejo vem sofrendo nas últimas décadas. Por fim, tentaremos transmitir conhecimentos e técnicas que levem a que o provérbio popular “O regadio é o processo de enriquecer os pais e empobrecer os filhos” não se cumpra.

Investigador/coordenador: José Manuel Rato Nunes | ratonunes@esaelvas.pt

Equipa: José Manuel Rato Nunes, Ricardo Braga, João Paulo Mendes, Luís Loures, Susana Dias, Carla Barreto da Silva, António Brito

Bolseiro de investigação: Ana Viegas

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre; Instituto Superior de Agronomia – Unidade de Investigação e Química Ambiental; COTR – Centro Operativo de Tecnologia do Regadio; ADER-AL – Associação para o Desenvolvimento em Espaço Rural do Norte Alentejano.

Montante aprovado: 65.009,98 euros

Cofinanciamento FEADER: 50%

Programa: Programa para a Rede Rural Nacional

QREN

Início: 01/02/2013 | Fim: 30/06/2015

Projeto: IDI&DNP – Disseminação e Sensibilização para a Adoção de Metodologias de Gestão de IDI e de Desenvolvimento de Novos Produtos

Objetivos: visa realizar uma campanha de sensibilização para a certificação em IDI e para a adoção de novas metodologias de DNP, junto das empresas da Região Centro e Alentejo. O projeto incide no Domínio de Intervenção associado à Inovação e Empreendedorismo, e encontra-se subdividido em duas áreas dentro deste domínio: Campanhas de sensibilização para a certificação em IDI e Novas práticas de difusão de inovação tecnológica, organizacional e marketing junto das PME.

Investigador/coordenador: Miguel Serafim | jserafim@estgp.pt

Equipa: Miguel Serafim, Mª José Alegria Martins, Célia Pinto

Líder do projeto: Conselho Empresarial do Centro/Câmara de Comércio e Indústria do Centro (CEC/CCIC)

Parceiro: Instituto Politécnico de Portalegre

Montante aprovado: 129.290,23 euros

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: Programa Operacional Factores de Competitividade (COMPETE) – QREN – 02/SIAC/2012 – Sistema de Apoio a Ações Coletivas

Resultados do projeto disponíveis aqui.

Início: 01/01/2014 | Fim: 30/06/2015

Projeto: Energy4Management – Ganhar competitividade com gestão eficiente da energia

Objetivos: demonstrar as vantagens na implementação de sistemas de gestão de energia; promover e endogeneizar práticas de “energy accountability” nas PME’s; reforçar a competitividade das empresas, em especial a indústria; promover a abordagem por agregados empresariais; promover padrões sustentáveis de utilização de energia; destacar as vantagens da utilização racional da energia; estimular um crescimento económico mais sustentável; contribuir para os objetivos do PNAEE; contribuir para os objetivos da Estratégia Nacional para a Energia 2020.

Investigador coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Pedro Lopes, Pedro Romano

Líder do projecto: Associação Industrial do Minho

Parceiros: WINCENTRO – Agência de Desenvolvimento Regional e Instituto Politécnico de Portalegre.

Montante aprovado: 172.526,43€

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: Programa Operacional Factores de Competitividade (COMPETE) – QREN – 02/SIAC/2012 – Sistema de Apoio a Ações Coletivas

 

Início: 01/09/2011 | Fim: 31/08/2014

Projeto: InovEnergy – Eficiência Energética no Sector Agroindustrial

Objetivos: identificação dos perfis de consumo energético atuais das unidades agroindustriais, promoção e desenvolvimento de ações que contribuam para uma melhoria efetiva da eficiência energética e, consequentemente, da competitividade deste setor.

Investigador/coordenador: Paulo Brito | pbrito@estgp.pt

Equipa: Paulo Brito, Pedro Lopes, Catarina Dias, Paula Reis

Colaborador: Octávio Alves

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Castelo Branco

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Universidade da Beira Interior; Instituto de Soldadura e Qualidade; Instituto Politécnico de Bragança; ADAI – Associação para o Desenvolvimento de Aerodinâmica Industrial; Associação para o Desenvolvimento da Agro-Indústria; Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Montante aprovado: 88.025,41 euros

Cofinanciamento FEDER: 85%

Programa: COMPETE, QREN – Aviso 01/SIAC/2011/Sistema de Apoio a Ações Coletivas

Página web: http://www.inovenergy.inovcluster.pt/

O projeto foi notícia na newsletter do COMPETE

CCISP
 
Início: 01/03/2018 | Fim: 31/03/2019


Objetivos:
 avaliação integrada e com análise detalhada dos impactos da atividade dos Politécnicos Portugueses nas regiões em que se inserem; impactos económicos, sociais e culturais da atividade dos Institutos Superiores Politécnicos nas respetivas regiões (NUT III); alinhamento das atividades dos Politécnicos com as estratégias de especialização inteligente (EREI) das respetivas regiões (NUT II); estratégias passíveis de reforçar a coesão territorial e o capital de influência dos Politécnicos no desenvolvimento sustentável e inclusivo das regiões.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Joaquim Mourato | amourato@ipportalegre.pt

Equipa: Cristina Pereira, João Emílio Alves, Miguel Serafim

Líder do projeto: Centro de Estudos Geográficos do IGOT-UL

Parceiros: Todos os Institutos Politécnicos do país (à exceção dos Politécnicos de Lisboa e Porto)

Entidade financiadora: CCISP

Custo total: 45.800,00€

 
Início: 01/01/2018 | Fim: 31/03/2019


Objetivos:
 desenvolver análises e pesquisas que procurem estimar o impacto, designadamente de natureza económica, por parte das IES; demonstrar os benefícios que as IES tendem a gerar, direta e indiretamente, para a economia regional e para as comunidades residentes; medir o impacto socioeconómico dos Institutos Politécnicos nas suas regiões de influência e do seu contributo para alguns indicadores relativos à região.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPPortalegre: Joaquim Mourato | amourato@ipportalegre.pt

Equipa: Cristina Pereira, João Emílio Alves, Miguel Serafim

Líder do projeto: Universidade do Porto e Universidade do Minho

Parceiros: Todos os Institutos Politécnicos do país (à exceção dos Politécnicos de Lisboa, Porto e Coimbra)

Entidade financiadora: CCISP

Custo total: 19.140,00€

 

Academia da Leitura do Mundo: o jornalismo, a comunicação e eu

Início:   07/10/2019 | Fim:   30/09/2022

Objetivo: Este projeto faz parte da rede nacional das Academias Gulbenkian do Conhecimento e tem como objetivo principal criar um espaço de promoção de competências para dizer e compreender o mundo, ser consciente e ativo em sociedade. Através de uma experiência imersiva no mundo da comunicação social, esta Academia pretende dotar os jovens entre os 14 e os 25 anos de ferramentas para descodificar as notícias, questionar o consumo passivo de informação e estimular uma postura crítica e construtiva adequada aos desafios da cultura noticiosa e mediática contemporânea

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Coordenação da equipa do IPPortalegre: Luís Bonixe (luisbonixe@ipportalegre.pt)

Equipa: Adriana Guimarães, Nuno Fernandes, Luís Pinheiro

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Lisboa

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Tomar; Instituto Politécnico de Setúbal; Universidade Beira Interior – Labcom.IFP; Universidade do Algarve – CIAC.IFP (Centro de Investigação em Artes e Comunicação); Escola Secundária José Gomes Ferreira – Lisboa

Entidade Financiadora: Fundação Calouste Gulbenkian (FCG)

Programa: Academias Gulbenkian do Conhecimento

Custo total elegível:  50.000,00€

Apoio financeiro da Fundação Calouste Gulbenkian: 30.000,00 €

Componente IPPortalegre: 2.975,00€

(Des)construir para a Economia Circular

Início: 01/09/2020 | Fim: 30/11/2022

Objetivo: é promover uma estratégia regional para a reutilização de produtos e componentes de construção, bem como a reciclagem de resíduos da construção e demolição (RCD), reduzindo assim o impacto ambiental da construção e promovendo a sua circularidade.

Disseminação de resultados

Coordenador da equipa do IPPortalegre: Luís Loures | lcloures@ipportalegre.pt

Equipa: Pedro Romano, Ana Loures

Líder do projeto: Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL)

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre; Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG); Universidade Nova de Lisboa; Resialentejo – Tratamento e Valorização de Resíduos, E.I.M.; Smart Waste Portugal Association; RDF Construções – Sociedade Imobiliária, Lda.; CERCIBEJA – Cooperativa para a Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão de Beja, CRL; International Development Norway AS (Noruega); National Centre for Sustainable Production and Consumption (Roménia); ENVIROS s.r.o. (República Checa).

Código do projeto: 08_Call#2 – (Des)construir para a Economia Circular

Programa: EEA Grants

Custo total elegível: 587.801,00€

Componente IPPortalegre: 12.179,24€

Academia de Lideres Ubuntu Escolas Alentejo

Início: 01/07/2021 | Fim: 31/12/2022

Objetivos: Promover a integração social e combater a pobreza e qualquer discriminação

A IIES Academia de Líderes Ubuntu Escolas Alentejo é uma intervenção que visa responder ao problema social de falta de propósito e sentido de pertença dos jovens, que tantas vezes os leva ao insucesso, absentismo e abandono escolar. Através do desenvolvimento das competências socioemocionais trabalhadas pela metodologia ubuntu, a IIES quer contribuir para a capacitação de novas lideranças ao serviço da comunidade.

Disseminação de resultados (em breve)

Ficha de projeto (consulte aqui)

 IR – Coordenador do Projeto: Fernando Rebola (fernando.rebola@ipportalegre.pt)

Co-IR – João Emílio Alves (j.alves@ipportalegre.pt)

Equipa:  Adriano Pedro, Amélia Marchão, Elisete Diogo, Fernando Rebola, João Emílio Alves, Luísa Carvalho, Maria Mendes, Paulo Ferreira, Teresa Mendes, Valentim Realinho.

 

Código da Operação:  POISE-03-4639-FSE-000993

Programa: Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego – POISE

Objetivo principal: Promover a integração social e combater a pobreza e qualquer discriminação.

Eixo Prioritário: Promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação.

 

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 115.261,70€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE 97.972,45€

Circle Molecule

Início:   01/03/2021 | Fim:   28/02/2023

Objetivo: Pretende-se implementar um projeto de demonstração tecnológica para produção gás metano a partir de biomassa residual com base em gasificação térmica e subsequente metanação do monóxido de carbono.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador Coordenador IPPortalegre: Paulo Brito | pbrito@ipportalegre.pt

Líder do projeto: Circlemolecule, Lda

Parceiros:Instituto Politécnico de Portalegre (IPPortalegre)

Código do projeto: C06.004

Entidade Financiadora: Fundo Ambiental

Programa: Fundo Ambiental

Financiamento: 1.095.011,09 €

Investimento IPPortalegre: 139.808,56 €

Qualidade dos sistemas de ensino e formação de nível não-superior – Formação de docentes e outros agentes de educação e formação

Início: 04/01/2021 | Fim: 31/08/2023

Objetivos: O Instituto Politécnico de Portalegre partilha uma visão de diferenciação através da promoção da inovação formativa e da investigação aplicada, criando ecossistemas de cocriação multidisciplinares e multiculturais, aliando a comunidade académica do IPP (docentes, colaboradores e estudantes), as empresas e as organizações, através do estabelecimento de parcerias estratégicas com intervenção a nível regional, nacional e internacional.

Este projeto assenta em quatro objetivos estratégicos, a saber:
– Dotar as instituições politécnicas de novas metodologias pedagógicas para novos contextos e para novas exigências;
– Promover um compromisso entre as empresas e os estudantes num processo de aprendizagem, de investigação e de inovação;
– Aproximar estudantes e professores do ensino politécnico e do ensino profissional;
– Integrar todos os atores do projeto numa rede internacional.

Disseminação de resultados (em breve)

Investigador responsável IPP: Joaquim Mourato | amourato@ipportalegre.pt
Artur Jorge Casqueira Romão | romao@ipportalegre.pt (desde 01 de novembro de 2022)

Líder da Operação: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da Operação:  POCH-04-5267-FSE-000813

Programa: Programa Operacional Capital Humano – POCH

Eixo Prioritário: Qualidade e inovação do sistema de educação e formação

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 191.897,94€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE 163.113,25€

Componente IPP: 191.897,94€

LifeON – Life Long Learning Opportunities Network

Início:   02/06/2022 | Fim:   31/10/2023

Objetivo: Em termos estratégicos, pretende-se com este projeto alcançar os seguintes objetivos: i) Reforçar, no IPP, a adoção e utilização de metodologias pedagógicas inovadoras, de forma transversal e aplicáveis a diferentes contextos; ii) Envolver os alumni no processo educativo e de fomento da empregabilidade; iii) Promover a transferência do conhecimento criado no IPP, contribuindo para que o mesmo possa ser utilizado na comunidade, criando valor acrescentado a todos os stakeholders.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

IR – Coordenador do Projeto: Fernando Rebola | fernando.rebola@ipportalegre.pt

Co-IR – Paulo Ferreira (pferreira@ipportalegre.pt)

Equipa: Amélia Canhoto, Ana Clara Borrego, Artur Romão, Carla Serra, Carlos Feiteira, Carlos Silva, Fernando Rebola, Graça Carvalho, João Emílio Alves, Joaquim Mourato, Jorge Santos, José Feiteira, José Gama, José Rato Nunes, Luís Alcino, Luís Loures, Luísa Carvalho, Márcia Oliveira, Maria Gorete Ferreira Dinis, Paulo Ferreira, Pedro Monteiro, Pedro Pinto, Pedro Ranheta, Rute Santos, Susana Dias, Vera Barradas.

Código da Operação: POCH-02-5312-FSE-000018
Programa: Programa Operacional Capital Humano – POCH
Objetivo principal: Aumentar as competências para o futuro no ensino superior
Eixo Prioritário: Reforço do ensino superior e da formação avançada

Região de Intervenção: Alentejo

Indicadores

 – Atividades realizadas na operação: 7 atividades

 – Taxa de realização das atividades planeadas na operação: 100%

Custo total elegível: 498.175,74€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE 423.449,38€

Componente IPPortalegre: 498.175,74€

Início: 01/10/2022 | Fim: 10/11/2023

Objetivos: reduzir o abandono escolar e promoção do sucesso no ensino superior, através da promoção de níveis de acompanhamento aos estudantes assim como da monitorização da sua participação nas atividades letivas, que permitirá aumentar o sentimento de pertença à instituição, promovendo a melhoria da qualidade pedagógica, os níveis de investigação e transferência do conhecimento e também os níveis de empregabilidade.

 Disseminação de resultados (consulte aqui)

 IR – Coordenador do Projeto: Fernando Rebola (fernando.rebola@ipportalegre.pt)

Co-IR – Paulo Ferreira (pferreira@ipportalegre.pt)

Equipa: Ana Cordeiro; Ana Fino; Ana José; Ana Ventura; Anabela Gonçalves; Anne Studer; António Arco; António Calha; Carlos do Rosário; Carolina Santos; Cláudia Pacheco; Cordélia Santinho; Cristina Guerra; Daniel Marmelo; Eduarda Correia; Elisete Diogo; Fernando Rebola; Francisco Monteiro; Francisco Vidinha; Graça Carvalho; Isabel Mourato; Isabel Muñoz; Jacinto Gomes; João Cordeiro; Jorge Machado; José Costa; José Feiteira; Josélia Pedro; Laura Hurtado; Lina Costa; Luís Baptista; Luís Vintém; Luísa Pereira; Manuel Espírito Santo; Márcia Grilo; Margarida Coelho; Maria José Ascensão; Maria José Varadinov; Mário Rui Araújo; Miguel Castro; Miguel Serafim; Mónica Martins; Nicolau Almeida; Noémia Farinha; Olga Louro; Paula Ramos; Paulo Canário; Paulo Ferreira; Pedro Matos; Pedro Monteiro; Pedro Pinto; Ricardo Serra; Rosalina Correia; Rosalina Correia; Sabina Valente; Sérgio Campos; Sérgio Correia; Sofia Roque; Susana Porto; Tatiane Valduga; Teresa Coelho; Teresa Oliveira; Valderi Leithardt; Valentim Realinho.   

Código da Operação:  POCH-02-5312-FSE-000040

Programa: Programa Operacional Capital Humano – POCH

Objetivo principal: Investir na educação, na formação profissional para aquisição de competências e a aprendizagem ao longo da vida

Eixo Prioritário: Reforço do ensino superior e da formação avançada

Região de Intervenção: Alentejo

Indicadores

 – Atividades realizadas na operação: 4 atividades realizadas

 – Taxa de realização das atividades planeadas na operação: 100% 

 – Aumento da taxa de renovação de inscrições por estudantes inscritos no 1º ano, 1ª vez em ciclos de estudo de formação inicial (2,8% | 2,1pp)

 – Aumento do número médio de ECTS concluídos por estudantes inscritos no 1º ano, 1ª vez em ciclos de estudo de formação inicial (9,02 créditos| 26%)

Custo total elegível: 235.150,57€

Apoio financeiro da União Europeia: FSE 198.877,98€

Cofinanciado por:

Ir Além – A inclusão social de NPT e o desenvolvimento de territórios de baixa densidade

Início: 08/04/2020| Fim: 31/12/2023

Objetivos: Visa aprofundar o conhecimento científico e tecer recomendações e contributos quer para os decisores políticos, quer para a prática dos profissionais condutoras das respostas aos fluxos migratórios no respeito pelos direitos fundamentais dos cidadãos. Paralelamente, visa a sensibilização e promoção de capacidades culturais em profissionais cuja intervenção envolve cidadãos NPT no sentido da melhoria da qualidade dos serviços.

Investigadora Coordenadora: Elisete Simões Diogo | elisetediogo@ipportalegre.pt

Equipa: Tatiane Valduga, António Calha, João Emílio Alves, Isabel Ferreira, Maria Elizabete Mendes, Isabel Muñoz, Raquel Melo (bolseira), Luiza Mira (bolseira).

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Código da Operação: PT/2020/FAMI/535

Programa: FAMI – Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração

Região de Intervenção: Alentejo

Custo total elegível: 235.100,00€

 Apoio financeiro da União Europeia: FAMI: 176.325,00€

WASTE2H2 – Waste to Hydrogen

Início:   01/01/2021 | Fim:   31/12/2023

Objetivo: fortalecer a capacidade dos investigadores do IPPortalegre na implementação de tecnologias de limpeza e conversão de gás para produção de hidrogénio, aproveitando o conhecimento existente em equipamentos piloto que já sintetizam gases de diferentes resíduos de biomassa, adquirindo capacidades e conhecimentos com os parceiros do projeto, em técnicas de produção de gás de síntese.

Disseminação de resultados (consulte aqui)

Investigador Responsável: Paulo Brito (pbrito@ipportalegre.pt)

Equipa: Luís Loures (Co-IR); Luiz Rodrigues, Ana Loures

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: Kungliga Tekniska Högskolan – KTH – Royal Institute of Technology (Suécia); ENEA – Italian National Agency for New Technologies, Energy and Sustainable Economic Development (Itália); KIT – Karlsruhe Institute of Technology (Alemanha)

Código do projeto: 952593

Entidade Financiadora: Comissão Europeia

Programa: H2020-WIDESPREAD-2018-2020

Financiamento CE: 899.718,75 €

Investimento IPPortalegre: 326.500,00€

Sem financiamento externo

Projeto financiado por receitas próprias

Início: 01/07/2015 | Fim: 31/07/2018

Objetivos: A intervenção do projeto estrutura-se, de forma articulada e sistemática, em torno de três dimensões – a sala de aula, a escola e a comunidade –, tendo como referência os seguintes objetivos:

– diagnosticar a situação através da realização de estudos nos agrupamentos que integram o projeto, de modo a contextualizar, fundamentar e direcionar as opções de intervenção;

– definir e desenvolver estratégias, em conjunto com a comunidade escolar, que contribuam para favorecer escolhas alimentares saudáveis em ambiente escolar e no seio familiar;

– sensibilizar e capacitar os profissionais envolvidos na oferta alimentar da escola para uma oferta mais saudável, promovendo boas práticas nos locais de fornecimento de refeições;

– produzir e divulgar conhecimento relativo à educação alimentar de crianças e jovens, alicerçado na experiência proporcionada pelo projeto e nos seus resultados.

 

Investigador/coordenador: Margarida Malcata | margaridamalcata@essp.pt

Equipa: Ana Helena Matos, Fernando Rebola

Colaboradores: Orlanda Póvoa, Francisco Mondragão, Paula Ricardo, Hermelinda Carlos, Valentim Realinho, Ana Gaspar, Helena Arco, Manuel Espírito Santo, João Vintem, Filomena Morgado, Cláudia Pacheco, Joana Nobre | UCC – ULSNA, Pedro Barbas | Câmara Municipal de Portalegre, Mónica Filipa Nunes | Nutricionista voluntária, Catarina Fernandes | Nutricionista voluntária, Miguel Trigueiro Louro | Professor de Motricidade Humana voluntário, Conceição Farinha | Agrupamento de Escolas do Bonfim
José Janela | Agrupamento de Escolas José Régio

Consultores Científicos: Carlos Baeta | Medicina Interna | Unidade Local de Saúde no Norte Alentejano
Romeu Mendes | Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Pedro Moreira | Professor Catedrático na Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP)
Abdul Rachid | Pediatra | Unidade Local de Saúde no Norte Alentejano

Página web: http://alimentacaosaudavel.ipportalegre.pt/

Projeto financiado por receitas próprias

Início: 01/08/2017 | Fim: 31/07/2019

Objetivos: o objetivo geral do projeto visa a demonstração de uma abordagem integrada de tecnologias de agricultura de precisão, nomeadamente no uso de máquinas agrícolas em sistemas de agricultura de conservação, sob o trinómio agronomia – ambiente – energia na implementação e gestão de culturas forrageiras na região do Alentejo.

Disseminação de resultados

ABRIL 2019: Projeto MechSmart Forages distinguido com o Prémio ‘I&D’ que marca’, promovido pela revista Vida Rural

 

A cerimónia decorreu no dia 10 de abril, na reitoria da Universidade Nova de Lisboa, no âmbito da da 6ª edição do AGRO iN’19.

JUNHO 2018: Noticia publicada pela revista Abolsamia relativa ao II Workshop do Projeto

PÁGINA WEB: http://mechsmartforages.ipportalegre.pt/

 

Investigador responsável: Luís Alcino Conceição | luis_conceicao@esaelvas.pt

Equipa: Luís Alcino Conceição, José Rato Nunes, Francisco Mondragão-Rodrigues, Laura Hurtado, Susana Dias, Noémia Farinha, Rute Santos, António Brito, Carla Barreto

Líder do projeto: Instituto Politécnico de Portalegre

Parceiros: INIAV; ACR Mertolengos; Fertiprado; AgroInsider; Aletta E. de Beaufort; CNH Industrial Portugal, lda; APOSOLO; TPRO Technologies, Lda.

Componente IPPortalegre: 55.766,00 €

Início: 01/2013 | Fim: 01/2017

Objetivos: O projeto pretende avaliar e intervir junto da população idosa residente na zona histórica da cidade de Portalegre e terá um horizonte plurianual. Tem como principais objetivos avaliar o estado mental, a depressão, a solidão, e a qualidade de vida dos idosos e verificar se o meio, onde o idoso reside influencia o sentimento de solidão, depressão e qualidade de vida.

Investigador/coordenador: Raul Cordeiro | raulcordeiro@essp.pt

Equipa:

João Claudino
Helena Arco
Paula Oliveira
Olga Louro
Sofia Roque
António Calha
Miguel Arriaga
Francisco Monteiro
Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano – DPSM
Manuel Brandão
Celso Silva
Isabel Telo
Polícia de Segurança Pública – Comando Distrital de Portalegre

Parceiros: Câmara Municipal de Portalegre; Junta de Freguesia de S. Lourenço; Junta de Freguesia da Sé; Polícia de Segurança Pública

Início: 02/12/2013 | Fim: 31/12/2016

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento

Objetivos: promover a cidadania global através de processos de aprendizagem e de sensibilização da sociedade portuguesa para as questões do desenvolvimento, num contexto de crescente interdependência, tendo como horizonte a ação orientada para a transformação social. Objetivo específico: promover a consolidação da Educação para o Desenvolvimento no sector da educação formal em todos os níveis de educação, ensino e formação, contemplando a participação das comunidades educativas.

Investigador/Coordenador: Isabel Silva Ferreira | isabelferreira@esep.pt

Equipa:

Luís Miguel Cardoso
Amélia Marchão
Luísa Carvalho
Teresa Mendes

Diabetes Tipo 2: doença a prevenir se o risco reduzir

Objetivos gerais: monitorizar os fatores de risco de desenvolver Diabetes tipo 2 (risco moderado, alto e muito alto) dos utentes de uma Unidade de Saúde de Portalegre.

Objetivos específicos: planear e executar intervenções, com vista à minimização dos fatores de risco modificáveis e avaliar os impactos das intervenções na saúde dos utentes.

Investigador/coordenador: Sofia Maria Borba Roque | sofia.m.b.roque@essp.pt

Equipa:

Sofia Roque
Olga Louro
Estudantes do 14º, 13º e 15º do Curso de Licenciatura em Enfermagem
Docentes que sejam responsáveis/lecionem as UC envolvidas do CLE da ESSP
Equipa multidisciplinar de Saúde de Portalegre
Representantes da Direção-Geral da Saúde: Andreia Jorge Silva da Costa enquanto Chefe de Divisão da Monitorização de Programas

Eventuais parceiros: Direção-Geral da Saúde; Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano EPE; Câmara Municipal de Portalegre; Correios de Portugal, SA; Portugal Telecom

Duração do projeto:

Início: 01/03/2013

Fim: 31/01/2015

Objetivos: Com profundas raízes populares, as rádios locais portuguesas aparecem como um movimento que procurou sublinhar o local enquanto território de afirmação e de distinção face aos média de cobertura nacional. As rádios locais portuguesas têm como fundamentos constituir-se como um palco para a expressão das vivências das comunidades onde se inserem, promovendo um discurso alternativo face às propostas apresentadas pelos meios de comunicação de maior dimensão.

No entanto, a exclusiva dependência das regras do exíguo mercado publicitário de pequenas localidades, as políticas públicas adotadas consubstanciadas numa legislação pouco adequada à realidade do país e a entrada de grupos de comunicação que adquiriram as frequências adotando políticas de programação uniformista, têm colocado em dúvida a prossecução dos objetivos para os quais as emissoras locais foram inicialmente criadas.

Num tal contexto, importa saber que jornalistas exercem a sua atividade nestas emissoras, que perfil de formação possuem, que fontes e valores-notícia são privilegiados, qual a sua relação com as novas plataformas digitais.

Assim, com este estudo pretende-se caracterizar o perfil do jornalista e do jornalismo nas rádios locais portuguesas partindo de dados obtidos por inquérito aplicado a jornalistas em exercício nas emissoras locais. Numa segunda fase do estudo, através de entrevistas sem-estruturadas, pretende-se conhecer o posicionamento dos jornalistas das rádios locais acerca da relação entre rádio local e Internet, com o propósito de definir o modo como as plataformas digitais podem facilitar o trabalho dos jornalistas das rádios locais considerando a sua principal missão de construção noticiosa do local.

Investigador/coordenador: Luís Bonixe | luisbonixe@esep.pt

Equipa:

Estudantes finalistas do perfil de Jornalismo do curso de Jornalismo e Comunicação e do mestrado em Jornalismo, Comunicação e Cultura da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Portalegre

Ações:

– dezembro de 2012 e janeiro de 2013 – aplicação do inquérito a 28 jornalistas de 19 rádios locais portuguesas.

– fevereiro de 2013 – tratamento estatístico dos dados

– 18 de abril de 2013 – apresentação dos dados no Encontro – “25 Anos de Rádios Locais em Portugal – o jornalismo e os jornalistas”. ESEP.

– Publicação do artigo “Jornalismo e Jornalistas das Rádios locais Portuguesas”, na Revista JJ do Clube de Jornalistas nº 55 (Julho/Setembro de 2013) pp- 28-33. Disponível em: http://www.clubedejornalistas.pt/uploads/JJ55.pdf

– dezembro de 2013 e janeiro 2014 – aplicação do inquérito a mais 25 jornalistas de 16 rádios locais portuguesas.

– janeiro de 2014 – início das entrevistas semi-diretivas a jornalistas das rádios locais portuguesas.

– abril de 2014 – apresentação da comunicação “Jornalismo e jornalistas das rádios locais portuguesas – o local como especialização na transição para a Internet”, no II Confibercom, Universidade do Minho.

No dia 27 de maio de 2015 foram apresentadas as principais conclusões do estudo e podem ser consultadas aqui.

Duração do projeto:

Início: 01/12/2012

Fim: 31/12/2014

 

Objetivos: O projeto SSN visa prevenir o abandono escolar precoce por intermédio de uma abordagem integrada que se baseia na exploração das boas práticas desenvolvidas nas escolas, do ensino básico, do secundário e do ensino profissional, com o objetivo de recolher histórias de sucesso. Objetivos prioritários do projeto: identificação atempada de alunos em risco; integração de alunos imigrantes; apoio aos alunos com dificuldades de aprendizagem; prevenção da violência escolar.

Investigador/Coordenador: Isabel Silva Ferreira | isabelferreira@esep.pt

Equipa:

Luís Miguel Cardoso
Bruno Dionísio
Ana Isabel Silva
Luísa Panaças
Maria José Martins

Coordenação do projeto em Portugal: Instituto Politécnico de Castelo Branco

Parceiros: O projeto, de âmbito internacional, conta com a participação de outros países, como Bélgica, Espanha, Grécia, Itália, Roménia e Turquia

Página web do projeto: http://schoolsafetynet.pixel-online.org/info/project.php

Início: 02/12/2013

Fim: 31/12/2014

Objetivos: O projeto envolve os alunos do Mestrado em Gerontologia do IPP e tem como principais objetivos medir a evolução, através do AKPI (questionário de autopreenchimento), das atitudes dos mestrandos face ao idoso, no final de um mês de cada período escolar (semestre) do programa de mestrado em Gerontologia (4 semestres letivos) e comparar os scores do AKPI em cada uma das observações.

Investigador/coordenador: Francisco Vidinha | francisco.vidinha@essp.pt

Duração do projeto:

Início: 01/11/2012

Fim: 31/07/2014

Objetivos: este projeto visa conhecer a realidade quotidiana da população sénior do concelho de Portalegre. O ponto de partida remete para uma parceria entre a C3i, a Câmara Municipal de Portalegre e a Associação Vida de Lisboa, com o objetivo de proceder a um levantamento e caraterização das condições de vida da população idosa residente no concelho de Portalegre. Procura-se replicar outras experiências semelhantes e em curso no território nacional, sobretudo no que concerne à metodologia e aos objetivos inerentes ao projeto a nível nacional. O objetivo final é conseguir que o concelho de Portalegre, designadamente a cidade de Portalegre, integre a rede de Cidades Amigas das Pessoas Idosas.

Investigadora/Coordenadora: Paula Oliveira | paulaoliveira@essp.pt

Equipa:

Helena Arco
Miguel Arriaga
Olga Louro
Sofia Roque
João Alves
Bruno Dionísio
Alexandre Martins
Luísa Panaças
Maria de Deus Bravo (Técnica Superior de Serviço Social da Câmara Municipal de Portalegre)

Duração do projeto:

Início: 01/10/2011

Fim: 30/06/2014

Parceiros: Câmara Municipal de Portalegre; Associação Vida (Lisboa)

Apoio: Fundação Calouste Gulbenkian; Direção Geral da Saúde do Ministério da Saúde

 

Objetivos: Trata-se de um projeto transnacional que envolve investigadores da República Checa, Itália, Singapura, Coreia do Sul, Eslováquia e Portugal (C3i/IPP). O principal objetivo é investigar a relação entre a satisfação no trabalho e o bem-estar subjetivo entre parteiras a trabalhar em hospitais.

Investigador/coordenador em Portugal: Raul Cordeiro | raulcordeiro@essp.pt

Parceiros:

Department of Nursing and Midwifery, Faculty of Medicine, University of Ostrava, Czech Republic

Dipartimento di Scienze Mediche e Biologiche, University of Udine, Italy

Palmanova Udine Hospital, Italy

Ajou University Seoul, South Korea

Polytechnic Institute of Portalegre, College of Health, Portugal

Alice Lee Centre for Nursing Studies, Yong Loo Lin School of Medicine, National University of Singapore, Singapore

Jessenius Faculty of Medicine in Martin, Comenius University Bratislava, Slovakia

Department of Psychology, University of Presov in Presov, Slovakia

Duração do projeto:

Início: 01/09/2012

Fim: 31/01/2014

Objetivos: O projeto tem como propósito central desenvolver um modelo, adaptado ao contexto português, que permita estimar o impacto económico das instituições de ensino superior para as regiões em que se encontram inseridas. A informação empírica objeto de análise tem origem num conjunto de indicadores e variáveis, reunidos em quatro inquéritos por questionário, on-line, junto de uma amostra aleatória constituída por estudantes, docentes, colaboradores e ex-alunos que, no caso concreto do IPP, é transversal às quatro unidades orgânicas do IPP e às ofertas formativas atualmente disponibilizadas (CETs, cursos de 1º e 2º ciclos). A organização de seminários à escala nacional, bem como a elaboração de um relatório e de um livro constituem alguns dos produtos do projeto.

Equipa:

Joaquim Mourato

João Emílio Alves

Cristina Pereira

Parceiros: Universidade do Minho, Universidade do Porto, Institutos Politécnicos de Viana do Castelo, Bragança, Viseu, Castelo Branco, Leiria, Portalegre e Setúbal

Duração do projeto:

Início: 01/03/2012

Fim: 31/12/2013